Streeter Lecka/AFP
Streeter Lecka/AFP

Jacaré vence norte-americano por nocaute e dá 1ª vitória ao Brasil no UFC no ano

Brasileiro volta a vencer rival que derrotou em 2012 e se credencia a disputar cinturão dos pesos médios (até 84kg)

Estadão Conteúdo

28 Janeiro 2018 | 07h58

Em seu retorno ao octógono, Ronaldo Jacaré venceu o norte-americano Derek Brunson por nocaute no UFC, na madrugada deste domingo, no UFC Charlotte, nos Estados Unidos. Com o resultado, o lutador encerrou o jejum de vitórias brasileiras neste ano. O País vinha de nove derrotas consecutivas na competição nestas primeiras semanas de 2018.

+ Mais notícias de Lutas

Com a boa performance, Jacaré repetiu o resultado obtido sobre Brunson na luta que disputaram em 2012, ainda pelo Strikeforce. O brasileiro, contudo, vinha de derrota por nocaute para Robert Whitakker, atual campeão dos pesos médios (até 84 kg), em sua última luta, ainda em abril do ano passado.

O triunfo deste domingo credencia Jacaré a disputar o cinturão dos pesos médios nos próximos meses. O brasileiro é o atual número 3 do ranking da sua categoria. "Me sinto bem. Quatro meses atrás eu estava no hospital. Minha esposa ia ao hospital me dar banho", lembrou o lutador, ao se referir às duas cirurgias que realizou em 2017.

Para voltar ao octógono com vitória, Jacaré precisou de menos de quatro minutos para superar o adversário. Um forte chute de perna direita na cabeça derrubou Brunson, encerrando o duelo, que até então parecia equilibrado.

Após a luta, o brasileiro evitou falar sobre o futuro. Antes do duelo, ele já havia indicado que não queria projetar a briga pelo cinturão. "Não quero comentar sobre o cinturão, até porque quanto mais eu falo, mais ele corre de mim. Eu quero lutar, vencer e andar para frente", dissera Jacaré, antes do nocaute deste domingo.

 

Confira os resultados do card principal do UFC Charlotte:

Ronaldo Jacaré derrotou Derek Brunson por nocaute técnico

Andre Fili derrotou Dennis Bermudez por decisão dividida (29-28, 27-30, 29-28)

Gregor Gillespie derrotou Jordan Rinaldi por nocaute técnico

Drew Dober derrotou Frank Camacho por decisão unânime (29-28, 29-28, 30-27)

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.