Reprodução Twitter
Reprodução Twitter

Jéssica Andrade finaliza Amanda Lemos em seu retorno ao peso palha do UFC

Em duelo brasileiro, a lutadora consegue terminar com a luta no 1º round e fica com o bônus de 'performance da noite'

Redação, O Estado de S.Paulo

24 de abril de 2022 | 17h48

Retornando da melhor maneira. Depois de dois anos longe do peso palha do UFC, Jéssica 'Bate-Estaca" Andrade voltou com tudo na noite deste sábado (23). No duelo que fechou a noite de combates em Las Vegas, a brasileira superou a compatriota Amanda Lemos com uma finalização no primeiro round e venceu. Além da vitória, Jéssica impressionou a todos e ficou com o bônus de cerca de 240 mil reais por ter realizado a "performance da noite". 

"Mais uma noite memorável na minha estante de vitórias. Tudo que eu faço dentro do octógono, é fruto de treino e muita dedicação. A finalização da luta treinamos muitas vezes, o mestre me corrigiu e pegou no meu pé para eu ficar treinando e repetindo até dar certo, e eu executar da maneira correta. Então ganhei a luta com essa finalização, nunca antes feita na história do UFC mais uma vez, estamos fazendo história", comentou a lutadora em postagem em sua rede social. 

Com o desempenho rápido e intenso, Jéssica Bate-Estaca não ficou apenas com a vitória em seu retorno para a categoria. Dominando todo o combate contra Amanda Lemos e conseguindo a finalização com um golpe feito de maneira inédita no UFC, com um triângulo de mão em pé, a brasileira conquistou o bônus de melhor performance da noite e foi para a casa com mais 50 mil dólares, cerca de 240 mil reais a mais nas malas.  

Se impondo dentro do octógono, Jéssica não deu chances para Amanda Lemos. Assumindo o controle da luta durante todo o momento, a atleta comandou as ações desde o começo, foi intensa e aproveitou a chance que teve para terminar o combate e entrar, mais uma vez, para a história do UFC. 

Resultados do UFC Vegas 52

Jéssica Andrade venceu Amanda Lemos no 1º round; 

Claudio Puelles venceu Clay Guida no 1º round; 

Maycee Barber superou Montana De La Rosa por decisão unânime; 

Charles Jourdain venceu Lando Vannata no 1º round; 

Marc-André Barriault venceu Jordan Wright no 1º round; 

Sergey Khandozhko venceu Dwight Grant no 2º round; 

Tyson Pedro superou Ike Villanueva no 1º round; 

Qileng Aori superou Cameron Else no 1º round; 

Preston Parsons venceu Evan Elder por decisão unânime; 

Philipe Lins superou Marcin Prachnio por decisão unânime; 

Mike Jackson venceu Dean Barry por desqualificação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.