Sean M. Haffey/ AFP
Sean M. Haffey/ AFP

Jon Jones derrota Gustafsson e reconquista o cinturão dos meio pesados

Norte-americano marca o seu retorno ao octógono do UFC com um nocaute incontestável

Andreza Galdeano, O Estado de S.Paulo

30 de dezembro de 2018 | 04h31

Em meio a todas as polêmicas, Jon Jones retornou ao octógono neste domingo e mostrou que é um dos maiores lutadores da história. O norte-americano derrotou Alexander Gustafsson no UFC 232 com um nocaute incontestável e reconquistou o cinturão dos meio pesados.

A vitória de Jon Jones aconteceu no terceiro round da luta. Após uma disputa equilibrada entre os lutadores nos dois primeiros assaltos, o norte-americano levou a disputa para o chão e desferiu diversos socos na cabeça de Gustafsson, forçando o árbitro a interromper a disputa e decretar o nocaute.

"Alexander Gustafsson tem um alcance muito grande e conectou bons golpes no meu rosto. Ele é um cara que se recupera muito rápido. O plano era vencê-lo", afirmou Jon Jones após o combate.

Com o resultado, Jon Jones chegou a marca de 23 vitórias, uma derrota e um combate sem resultado. Agora, o astro aguarda o seu próximo confronto e desafia Daniel Cormier, ex-campeão da categoria meio pesado.

"Tem um cara aí que se chama de campeão duplo. Que tipo de cara abandona seu cinturão só por que eu cheguei em casa? O papai está em casa, Cormier. Venha pegar o seu cinturão, ele está bem aqui", disse Jon Jones ainda no octógono.

Vale lembrar que o lutador apresentou resquícios do esteroide turinabol antes do seu duelo contra Gustafsson e foi vetado pela Comissão Atlética de Nevada de participar do evento em Nevada, o que causou a transferência do UFC 232 para Los Angeles.

CONFIRA TODOS OS RESULTADOS DO EVENTO:

CARD PRINCIPAL 

Peso meio pesado: Jon Jones venceu Alexander Gustafsson por nocaute no terceiro round

Peso pena: Amanda Nunes venceu Cris Cyborg por nocaute no primeiro round

Peso meio médio: Michael Chiesa derrotou Carlos Condit por finalização no segundo round

Peso meio pesado: Corey Anderson venceu Ilir Latifi por decisão unânime dos juízes

Peso pena: Alex Volkanovski derrota Chad Mendes por nocaute técnico no segundo round

CARD PRELIMINAR 

Peso pesado: Walt Harris derrotou Andrei Arlovski por decisão dividida dos juízes

Peso pena: Megan Anderson venceu Cat Zingano por nocaute técnico no primeiro round

Peso galo: Petr Yan derrotou Douglas D'Silva por nocaute técnico 

Peso leve: Ryan Hall venceu B.J. Penn por finalização no primeiro round 

Peso galo: Nathaniel Wood venceu Andre Ewell por finalização no terceiro round

Peso médio: Uriah Hall venceu Bevon Lewis por nocaute no terceiro round

Peso meio médio: Siyar Bahadurzada venceu Curtis Millender por decisão unânime dos juízes

Peso galo: Montel Jackson derrotou Brian Kelleher por finalização no primeiro round

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.