Wander Roberto/ UFC
Wander Roberto/ UFC

José Aldo e Demian Maia dão show no UFC Fortaleza. Veja os resultados

Evento na capital cearense foi marcado pelas vitórias de dois veteranos na organização

Andreza Galdeano/ Fortaleza, O Estado de S.Paulo

03 de fevereiro de 2019 | 01h48

Com bons resultados de brasileiros, o UFC Fortaleza foi marcado pelas vitórias de dois veteranos da organização na madrugada deste domingo. O ex-campeão José Aldo nocauteou Renato Moicano e Demian Maia garantiu mais uma finalização na carreira ao derrotar o norte-americano Lyman Good. Já Marlon Moraes, protagonista da luta principal ao lado de Raphael Assunção, venceu e deu um passo importante para disputar o cinturão da categoria peso galo.

Assim como o esperado, foi José Aldo quem roubou a cena no Centro de Formação Olímpica (CFO). Depois de um início de luta cauteloso, o ex-campeão entrou para o segundo round do combate mostrando que veio para conquistar mais uma vitória na carreira. E ele conseguiu. Com uma sequência de socos no rosto de Moicano, o manauara não deu chances para o adversário e garantiu o triunfo por nocaute técnico.

Demian Maia, por sua vez, precisou de apenas um round para finalizar o norte-americano Lyman Good. Depois de subir nas costas do rival e aplicar um mata-leão, ele somou a décima finalização da sua carreira. Além disso, se mantém como o brasileiro com o maior número de vitórias no UFC. 

Confira todos os resultados do UFC Fortaleza:

CARD PRINCIPAL 

Peso galo: Marlon Moraes venceu Raphael Assunção por finalização

Peso pena: José Aldo venceu Renato Moicano por nocaute técnico 

Peso meio médio: Demian Maia venceu Lyman Good por finalização

Peso leve: Charles do Bronx venceu David Teymur por finalização

Peso meio pesado: Johnny Walker venceu Justin Ledet por nocaute técnico

Peso palha: Livinha Souza venceu Sarah Frota por decisão dividida

CARD PRELIMINAR

Peso médio: Markus Maluko venceu Anthony Hernandez por finalização

Peso mosca: Mara Romero Borella venceu Taila Santos por decisão dividida

Peso meio médio: Thiago Pitbull venceu Max Griffin por decisão dividida

Peso pesado: Jairzinho Rozenstruik venceu Júnior Albini por nocaute

Peso pena: Geraldo de Freitas venceu Felipe Cabocão por decisão unânime  

Peso galo: Said Nurmagomedov venceu Ricardo Carcacinha por nocaute técnico

Peso mosca: Rogério Bontorin venceu Magomed Bibulatov por decisão dividida 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.