Roland Marx / EJU
Roland Marx / EJU

Judô brasileiro leva ouro e prata no Aberto de Oberwart, na Áustria

Dobradinha no meio-pesado tem vitória de Leonardo Gonçalves sobre Rafael Buzacarini na final

Redação, O Estado de S.Paulo

16 de fevereiro de 2020 | 15h33

Depois de conquistar cinco medalhas no Aberto de Bratislava, na Eslováquia, o judô brasileiro faturou um ouro e uma prata neste domingo na disputa do Aberto de Oberwart, na Áustria. Em dois dias, a equipe brasileira levou sete medalhas nas duas competições, sendo cinco delas douradas.

Na Áustria, as duas medalhas foram conquistadas pela equipe masculina, com direito a dobradinha no meio-pesado (100kg): Leonardo Gonçalves derrotou Rafael Buzacarini com duas projeções por waza-ari na final e ficou com o ouro, deixando o compatriota com a prata.

Na hierarquia dos pontos do ranking mundial, os abertos continentais são as competições que distribuem a menor quantidade de pontos. Mas, no planejamento do judô brasileiro, esses torneios funcionam como preparação para etapas mais importantes, como os Grand Slams, que distribuem até mil pontos no ranking e reúnem os principais atletas do mundo.

Assim como Sófia e Odivelas serviram de preparação para o Grand Slam de Paris, onde Larissa Pimenta e Beatriz Souza foram bronze, os Abertos de Bratislava e Oberwart foram preparatórios para a disputa do Grand Slam de Düsseldorf, na Alemanha, no próximo final de semana.

O Grand Slam de Düsseldorf, disputado nos dias 21, 22 e 23, fecha o calendário de competições de fevereiro da equipe nacional e marca a estreia de Mayra Aguiar (78kg) no circuito em 2020. Ela tentará defender seu título de 2019.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.