Gabriela Sabau/IJF
Gabriela Sabau/IJF

Judoca Beatriz Souza derrota francesa e conquista o bronze no Grand Slam de Osaka

Foi o melhor resultado do Brasil no último torneio deste ano

Redação, Estadão Conteúdo

24 de novembro de 2019 | 14h38

A peso pesado Beatriz Souza colocou o judô brasileiro no pódio do Grand Slam de Osaka, no Japão. Na madrugada deste domingo, a atual número 7 do mundo na categoria acima de 78kg superou a francesa Julia Tolofua e conquistou a medalha de bronze no último dia da competição.

Foi o melhor resultado do Brasil no último Grand Slam deste ano. Larissa Pimenta (até 52kg) e Rafael Silva, o "Baby" (acima de 100kg), também lutaram neste domingo em Osaka. Eles ficaram na quinta e sétima colocações, respectivamente.

"Gostaria de agradecer o apoio e a torcida de quem ficou acompanhando as lutas. Essa medalha é nossa", comemorou a judoca brasileira, que conquistou sua segunda medalhas em Grand Slams nesse ano. Em outubro, ela levou o ouro no Major de Brasília.

A trajetória de Beatriz Souza até o bronze contou com vitórias sobre Jia Wen Tsai, de Taipei, e Sarah Asahina, japonesa campeã mundial em 2018 e atual número 5 do mundo.

Na semifinal, Beatriz não conseguiu passar pela cubana Idalys Ortiz, atual número um do mundo, e foi para a disputa pelo bronze. Para ficar com a medalha, ela mostrou agressividade diante da francesa Julia Tolofua, projetando a adversária marcar um waza-ari. Depois, conseguiu uma imobilização por dez segundos para conseguir outro waza-ari e vencer o combate por ippon.

A próxima competição da seleção brasileira de judô será o World Masters de Qingdao, na China, disputado nos dias 12, 13 e 14 de dezembro. A competição é a segunda mais importante no Circuito Mundial, atrás apenas do Campeonato Mundial.

OUTROS RESULTADOS

Outros judocas também estiveram no tatame representando o Brasil em Osaka. Mayra Aguiar, cabeça de chave número um do torneio, não teve bom desempenho. Ela foi superada pela japonesa Rinoko Wada na disputa pela categoria até 72kg. Lutando na mesma categoria que Beatriz Souza, Maria Suelen Altheman foi derrotada em sua estreia no torneio para a japonesa Wakaba Tomita.

O Brasil ficou sem medalhas no masculino. Rafael Macedo (até 90kg) caiu na primeira rodada para o japonês Sanchiro Murao, do Japão, e Leonardo Gonçalves (até 100kg) também deu adeus à competição na primeira luta, ao ser superado pelo georgiano Varlam Liparteliani, número um do mundo.

No sábado, o Brasil passou em branco e os destaques foram Maria Portela (até 70kg) e Leandro Guilheiro (até 81kg), que pararam nas oitavas de finais.

Tudo o que sabemos sobre:
Beatriz Souzajudô

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.