Sabau Gabriela/IFJ
Sabau Gabriela/IFJ

Mayra Aguiar perde na final e leva prata no Grand Slam de Judô de Tbilisi

Apesar do resultado negativo, judoca brasileira continua entre as dez melhores do ranking mundial da categoria

Redação, Estadão Conteúdo

05 de junho de 2022 | 16h08

O Brasil encerrou o Grand Slam de Tbilisi, na Geórgia, com quatro medalhas, sendo duas de prata e duas de bronze, na nona colocação geral. A última medalha foi conquistada pela judoca Mayra Aguiar, que perdeu a final contra a alemã Anna-Maria Wagner, na categoria até 78kg. Medalhista olímpica e uma das principais judocas do Brasil, Mayra Aguiar volta a ficar, mesmo após a derrota, entre as dez melhores do ranking mundial da categoria. Na Geórgia, ela venceu a representante da casa, Tchanturia e a francesa Audrey Tcheumeo, ambas por ippon.

Na decisão, apesar de ser melhor durante boa parte da luta, viu a alemã aplicar um waza-ari e administrar a vantagem até conquistar a medalha de ouro. Além de Mayra Aguiar, a experiente Ketleyn Quadros conquistou a medalha de prata na categoria até 63kg, no sábado. Rafaela Silva (até 57kg), de volta ao pódio num Grand Slam, e Tamires Crude (até 63kg), levaram a medalha de bronze.

A próxima etapa do Circuito Mundial de Judô será o Grand Slam de Ulaanbaatar, na Mongólia, evento importante porque vai iniciar a soma de pontos no ranking que vai definir os futuros classificados para a Olimpíada de Paris-2024.

Tudo o que sabemos sobre:
judôMayra Aguiar

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.