UFC Brasil
UFC Brasil

Jussier Formiga aposta em Khabib e projeta 'guerra' contra Sergio Pettis no UFC 229

Brasileiro vai entrar no octógono da T-Mobile Arena para duelo dos moscas neste sábado, em Las Vegas

Andreza Galdeano, O Estado de S.Paulo

06 Outubro 2018 | 05h00

Enquanto as atenções dos fãs do UFC estarão voltadas para o esperado duelo entre Conor McGregor e Khabib Nurmagomedov, neste sábado, no UFC 229, em Las Vegas, Jussier Formiga vai entrar no octógono da T-Mobile Arena para encarar Sergio Pettis, em combate válido pelo card preliminar do evento. Apesar de não ser o protagonista do evento, o brasileiro avalia a oportunidade como positiva.

"É visibilidade lutar em um card com Conor e Khabib. O evento é bom, mas independentemente disso cada um tem sua luta e seus objetivos. Melhor do que lutar ao lado deles é vencer a minha luta", conta em entrevista ao Estado.

Depois de encarar Pettis, o brasileiro deve assistir aos combates como todos os fãs. Questionado sobre a sua aposta no duelo que marca uma das maiores rivalidades recentes do Ultimate, ele não hesita: "Eu vou de Khabib com toda a certeza. Khabib vai fazer o Conor McGregor virar uma roda gigante", avalia.

Somando duas vitórias consecutivas e na quinta posição do ranking peso mosca da organização, Jussier se prepara para conquistar outro triunfo e ter a chance de disputar o cinturão da categoria. "Foram dez semanas voltadas estrategicamente para o Sergio Pettis. Estou confiante e vencer é a minha missão, o meu objetivo. Prefiro garantir a vitória da maneira mais fácil e mais rápida possível, mas se tiver que durar todos os rounds eu tenho certeza que vamos travar uma guerra. Vou sair de lá com o meu braço levantado", afirma.

"Todos os atletas que estão no top 10 do UFC são adversários duros. O Pettis é um cara a ser batido. A mídia olha para ele pelo fato dele ser o irmão do Anthony Pettis, talvez isso conte, mas não importa. Na minha opinião o importante é quando a grade fecha, porque é um contra o outro. Só assim sabemos quem é o melhor", completa o brasileiro.

De olho no cinturão, Jussier diz que o UFC não tem desculpa para procurar outro adversário caso ele conquiste mais uma vitória e seu próximo combate deve ser contra o atual campeão dos moscas. "Apesar do Henry Cejudo ser o campeão, ele é um cara que eu já lutei há três anos. Ele evoluiu bastante e eu também. É o adversário que todo mundo vai correr atrás agora", conta. "Passando pelo Sergio, é o Cejudo quem eu quero enfrentar. Se eu vencer não tem mais o que fazer ou outra pessoa que eu queira encarar".

OUTROS BRASILEIROS

O card preliminar do UFC 229 conta com mais duas atrações brasileiras. Vicente Luque enfrenta Jalin Turner pelo duelo meio médio e Alan Nuguette faz a luta peso leve contra Scott Holtzman.

CONFIRA O CARD COMPLETO DO EVENTO:

UFC 229

6 de outubro de 2018, em Las Vegas (EUA)

CARD PRINCIPAL (23h, horário de Brasília):

Peso leve: Khabib Nurmagomedov x Conor McGregor

Peso leve: Tony Ferguson x Anthony Pettis

Peso meio pesado: Ovince St-Preux x Dominick Reyes

Peso pesado: Derrick Lewis x Alexander Volkov

Peso palha: Michelle Waterson x Felice Herrig

CARD PRELIMINAR (19h15, horário de Brasília):

Peso mosca: Sergio Pettis x Jussier Formiga

Peso galo: Tonya Evinger x Aspen Ladd

Peso pena: Lina Lansberg x Yana Kunitskaya

Peso leve: Scott Holtzman x Alan Nuguette

Peso leve: Gray Maynard x Nik Lentz

Peso meio médio: Vicente Luque x Jalin Turner

Peso meio médio: Ryan LaFlare x Tony Martin

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.