Attila Kisbenedek / AFP
Attila Kisbenedek / AFP

Maria Portela e Rafael Macedo ficam fora do pódio no Mundial de Judô em Budapeste

Apesar de não conquistarem medalhas, brasileiros garantiram um lugar no Jogos de Tóquio

Redação, Estadão Conteúdo

10 de junho de 2021 | 18h12

O judô brasileiro continua sem conquistar medalhas no Mundial que está sendo disputado em Budapeste. Nesta quinta-feira, Maria Portela (70 quilos) e Rafael Macedo (90 quilos) perderam antes das disputas por um lugar no pódio da competição. O Brasil volta ao tatame húngaro nesta sexta-feira, quando estarão em ação Mayra Aguiar, Rafael Baby, Bia Souza e Maria Suelen.

Maria Portela venceu na estreia a italiana Alice Bellandi no golden score por waza-ari. Nas oitavas, passou pela tunisiana Nigel Landolsi com mais dois waza-ari. Nas quartas, a brasileira sofreu estrangulamento feito pela japonesa Yoko Ono. Com isso, Portela foi para a repescagem e acabou derrotada pela irlandesa Meghan Fletcher, por imobilização. Ela terminou na sétima posição.

Rafael Macedo venceu as duas primeiras lutas, ao superar o sul-coreano Mon e o alemão Eduard Trippel. Nas oitavas, o brasileiro foi eliminado pelo atleta da Mongólia, Gantulga, que venceu nas punições.

Apesar dos resultados, Maria Portela e Rafael Macedo garantiram um lugar no Jogos de Tóquio, pois estão entre os 18 primeiros do ranking mundial. Ketleyn Quadros, Larissa Pimenta e Eric Takabatake, outros brasileiros que disputaram o Mundial, também vão para o Japão.

A Confederação Brasileira de Judô (CBJ) vai anunciar oficialmente a equipe olímpica no próximo dia 16 de junho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.