Twitter oficial / CBJ
Twitter oficial / CBJ

Maria Portela perde na final e fica com a prata no Grand Slam de Judô na Rússia

Judoca se recupera e consegue bom resultado após ir mal nos torneios em Paris e Dusseldorf

Redação, Estadão Conteúdo

16 de março de 2019 | 10h50

O judô brasileiro conquistou neste sábado sua primeira medalha no Grand Slam de Ecaterimburgo, na Rússia. Na categoria até 70kg, Maria Portela perdeu a final para a francesa Marie Eve Gahie, cabeça de chave número 1 da competição, mas ficou com a prata e subiu ao pódio no segundo dia de disputas.

Maria Portela se recuperou dos resultados ruins nos outros Grand Slams da temporada, em Paris e Dusseldorf, quando caiu na estreia. Para isso, venceu quatro das cinco lutas que fez no sábado, a começar pela mongol Battsetseg Tsog-Ochir, por wazari, e a usbeque Gulnoza Matniyazova, por ippon.

Nas quartas de final, Maria Portela passou pela britânica Sally Conway graças a um wazari. Na semifinal, se classificou graças às três punições sofridas pela japonesa Shiho Tanaka. Mas na decisão, não resistiu à superioridade de Gahie, que conseguiu o ippon após uma imobilização.

Ainda entre as mulheres, o Brasil teve duas judocas no tatame na categoria até 63kg, mas ambas decepcionaram e caíram logo na estreia. Alexia Castilhos não resistiu à casaque Iolanta Berdybekova e perdeu por ippon, assim como Ketleyn Quadros diante da russa Valentina Kostenko.

Entre os homens, foram mais três representantes brasileiros neste sábado. Na categoria até 73kg, Eduardo Barbosa foi mais longe e terminou na quinta posição. Ele começou com vitórias sobre o marroquino Ahmed El Meziati, o quirguiz Ishen Amanov e o russo Evgenii Prokopchuk, mas perdeu na sequência para o italiano Fabio Basile e o húngaro Behruzi Khojazoda, na disputa do bronze.

Na mesma categoria, Marcelo Contini caiu logo na estreia para o quirguiz Bektur Rysmambetov. Já entre os judocas até 81kg, Eduardo Yudy passou na estreia pelo casaque Bekzhan Abdualiyev, mas perdeu logo na sequência para o holandês Frank de Wit.

A equipe brasileira encerra sua participação em Ecaterimburgo com mais dez atletas em ação no domingo: Mayra Aguiar (78kg), Samanta Soares (78kg), Maria Suelen Altheman (+78kg), Beatriz Souza (+78kg), Eduardo Bettoni (90kg), Rafael Macedo (90kg), Leonardo Gonçalves (100kg), Rafael Buzacarini (100kg), David Moura (+100kg) e Rafael Silva, o "Baby" (+100kg).

Mais conteúdo sobre:
judôMaria Portela

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.