Laszlo Balogh/Reuters
Laszlo Balogh/Reuters

Mayra segue na frente e Maria Portela tem liderança do ranking do judô ameaçada

Na categoria até 52kg, as duas brasileiras do Top 10 perderam um posto

Estadao Conteudo

02 Agosto 2018 | 19h52

A atualização desta semana do ranking mundial do judô, já com os pontos distribuídos pelo Grand Prix de Zagreb, manteve o Brasil com duas lutadoras como líderes da lista: Mayra Aguiar (78kg) e Maria Portela (70kg), que agora está com a sua condição de número 1 do peso médio bastante ameaçada.

Mayra Aguiar fica em 7º e judô do Brasil leva apenas uma medalha em Zagreb

+ Alexia Castilhos fatura bronze para o Brasil no Grand Prix de Zagreb

Maria Portela competiu pela última vez em maio, em Hohhot, na China. A brasileira soma 4.797 pontos e viu a francesa Maria Eve Gahie ficar a apenas 16 pontos dela na lista após conquistar a medalha de ouro no Grand Prix de Zagreb.

No mesmo evento, Mayra Aguiar foi a quinta colocada, o que lhe rendeu 182 pontos, chegando aos 5.208 e ampliando a sua vantagem para a britânica Natalie Powell, agora em desvantagem de 254 pontos.

Na categoria até 52kg, as duas brasileiras do Top 10 perderam um posto, com Erika Miranda na terceira posição e Jessica Pereira em oitavo, mesma situação de Beatriz Souza, em sétimo lugar entre as judocas com mais de 78kg, sendo que Maria Suelen Altheman está na quarta posição nesse peso.

Entre os homens, Eduardo Yudi Santos caiu três postos na categoria até 81kg, para a décima posição. E entre os lutadores com mais de 100kg, David Moura e Rafael Silva se mantiveram em segundo e terceiro lugar, respectivamente.

Além disso, o principal destaque da atualização foi a ascensão de Alexia Castilhos. Medalhista de bronze no Grand Prix de Zagreb, somou 350 pontos e ascendeu 17 postos, para a 35ª colocação na categoria até 63kg.

O próximo evento do circuito mundial de judô com a presença de brasileiros será o Grand Prix de Budapeste, de 10 a 12 de agosto, que dará 700 pontos ao campeão no ranking. Este também será a última competição antes do Mundial de Baku, no Azerbaijão, de 20 a 27 de setembro.

 

 

Mais conteúdo sobre:
judô Mayra Aguiar Maria Portela

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.