Nick Diaz, próximo adversário de Anderson Silva, é preso nos EUA

Lutador, suspeito de dirigir embriagado, teria tentado provocar vômito para destruir evidência antes de teste do bafômetro

Estadão Conteúdo

12 de setembro de 2014 | 21h05

 Segundo o site americano "Lodi News", o próximo adversário de Anderson Silva no UFC, Nick Diaz, foi preso na Califórnia, na madrugada do dia 6, por suspeita de dirigir embriagado, destruir provas, descatar autoridade e conduzir veículo com a carteira de motorista vencida.

Conduzido à delegacia para se submeter ao teste do bafômetro, o lutador tentou provocar vômito. Segundo o código de trânsito local, isso é uma tentativa de obstrução de investigação e de destruição de evidências.

O atleta foi liberado e aguarda data para julgamento.

Em comunicado oficial, o UFC diz que vai aguardar o julgamento para depois se posicionar. "Tomamos conhecimento da situação de Diaz e ainda vamos reunir as notícias sobre o que ocorreu com ele. Entendemos que existe um processo em andamento e que Nick Diaz vai ter a chance de se defender dessas acusações", diz o texto.

A luta está programada para o dia 31 de janeiro, no UFC 183, em Las Vegas. 

Tudo o que sabemos sobre:
UFCAnderson SilvaNick Diaz

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.