Toru Hanai/Reuters
Toru Hanai/Reuters

Ouro no judô, Kayla Harrison assina com rival do UFC

Americana é conhecida por sua rivalidade com a judoca Mayra Aguiar

Estadão Conteúdo

27 de outubro de 2016 | 15h20

Medalhista de ouro nas últimas duas edições dos Jogos Olímpicos na categoria até 78kg do judô e conhecida no Brasil pela rivalidade com Mayra Aguiar, Kayla Harrison está iniciando a aguardada transição dela para o MMA. Nesta quinta-feira, ela anunciou que assinou contrato com a World Series of Fighting (WSOF), rival do UFC.

Ainda não há previsão para a primeira luta dela nas artes marciais mistas. Por enquanto, ela será embaixadora do WSOF e comentarista da entidade, participando, nessa função, do WSOF 34, na noite de 31 de dezembro, no Madison Square Garden, em Nova York. 

Harrison é amiga pessoal de Ronda Rousey, medalhista de bronze nos Jogos Olímpicos de Pequim, e as duas chegaram a morar juntas. Depois do ouro no Rio, Harrison já havia deixado claro que migraria para o MMA. Aos 26 anos, ela tem potencial para se tornar uma das estrelas da modalidade, que vem ganhando espaço entre as mulheres.

"Eu tenho treinado boxe e jiu-jítsu e tudo mais, e, para mim, de verdade, a maior coisa é que eu sinto falta de competir. Eu parei de lutar no status mais alto do mundo e a World Series of Fighting me deu uma grande oportunidade", disse Harrison ao jornal USA Today. De acordo com a própria lutadora, ela ainda deve precisar de mais um ano de treinos para estrear no MMA.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.