Divulgação/CBJ
Divulgação/CBJ

Rafael Macedo e Jonas Inocêncio ficam em 5º no dia final de Grand Prix na Turquia

Gustavo Assis e Leonardo Gonçalves também lutaram neste domingo, mas pararam nas primeiras rodadas

Estadão Conteúdo

08 Abril 2018 | 15h18

A seleção brasileira de judô encerrou neste domingo a sua participação no Grand Prix de Antalya, na Turquia, com quatro judocas em ação. Mas o desempenho não foi tão bom quanto os de sexta-feira e sábado, quando o País conquistou duas medalhas de bronze com Sarah Menezes (48kg) e com Alexia Castilhos (63kg). Os melhores resultados vieram com Rafael Macedo (90kg) e Jonas Inocêncio (+100kg), que terminaram em quinto lugar ao perderem as suas disputas pelo terceiro lugar no pódio.

+ Leia mais notícias sobre judô

+ Sarah Menezes conquista medalha de bronze na Turquia

+ Alexia Castilhos fatura mais um bronze para o Brasil em Grand Prix na Turquia

Jonas Inocêncio foi quem chegou mais longe nas preliminares avançando até às semifinais de sua categoria, onde caiu para o iraniano Javad Mahjoub. Antes disso, o brasileiro derrotou o turco Burak Serbest, na primeira luta, para avançar às oitavas, onde derrotou o casaque Galymzhan Krikbay. Nas quartas de final, bateu o Iurii Krakovetskii, do Quirguistão.

Na luta pela medalha, porém, o brasileiro não passou pelo sul-coreano Sungmin Kim, que conseguiu o ippon para vencer a luta ficar com um dos bronzes do peso pesado masculino.

Rafael Macedo, por outro lado, precisou passar pela repescagem para chegar à disputa pelo bronze. Ele estreou com vitória por ippon sobre Tejen Tejenov, do Turcomenistão, mas encarou uma pedreira nas quartas - o atual campeão mundial Nemanja Majdov, da Sérvia - e perdeu por um waza-ari. Na repescagem, conseguiu um waza-ari e o ippon para superar o mongol Altanbagana Gantulga e se classificar para a disputa de bronze, onde perdeu para o Mammadali Mehdiyev, do Azerbaijão, por ippon, e ficou com o quinto lugar uma semana depois de ser campeão do Grand Prix de Tbilisi, na Geórgia.

Gustavo Assis e Leonardo Gonçalves também lutaram neste domingo, mas pararam nas primeiras rodadas sem avançar ao bloco final de disputas. A próxima competição da seleção brasileira de judô será o Campeonato Pan-Americano de San José, na Costa Rica, entre os próximos dias 21 a 23.

Mais conteúdo sobre:
Judô judô

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.