Reprodução
Reprodução

Recuperado de derrota, Lyoto Machida espera embalar de novo no UFC

Combate entre 'Dragão' e Yoel Romero é luta principal deste sábado

Rafael Pezzo, O Estado de S. Paulo

27 de junho de 2015 | 09h00

Buscando se recuperar no UFC e voltar a ser postulante ao título dos médios, o brasileiro Lyoto Machida lutará neste sábado contra o cubano Yoel Romero. A disputa será o principal evento do UFC Fight Night, que será realizado na Flórida. 

O combate acontecerá pouco mais de dois meses após ele perder para o americano Luke Rockhold. Essa sequência é algo positivo, segundo o "Dragão". "Depois da derrota eu queria me recuperar e voltar a treinar logo. A preparação foi muito boa, com treinamentos excelentes e a ajuda de muita gente", diz Lyoto em entrevista exclusiva ao Estado. 

A última vez em que Machida lutou em um intervalo de tempo tão pequeno foi em 2013, quando caiu diante de Phil Davis em agosto e superou Mark Muñoz em outubro. O baiano de 37 anos afirma que essa proximidade o "coloca no ritmo. Eu queria fazer mais lutas, quatro, cinco por ano. Esse é meu objetivo, estar em um ritmo mais forte."

"Às vezes é melhor você ter uma luta em cima da outra. Você aproveita muito da outra preparação", completa. 

Yoel Romero, de 38 anos, conquistou duas medalhas olímpicas no wrestling e estreou no MMA em 2009. Desde então, acumula dez lutas e apenas uma derrota. Apesar de ser especialista no chão, o "Soldado de Dios" ("Soldado de Deus", como é conhecido) nocauteou oito adversários. 

Depois de ter o confronto com Jacaré Souza cancelado duas vezes, a luta com Machida pode definir se Yoel terá chances de disputar o cinturão dos médios, hoje com Chris Weidman. 

O evento estava programado para acontecer no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, e contaria com a final do The Ultimate Fighter Brasil 4 no card. Entretanto, depois de o UFC remarcar para a Flórida e a embaixada americana ter problemas na emissão de vistos, a final do TUF foi transferida para o UFC 190, em 1º de agosto, no Rio de Janeiro. 

Apesar de ser nos Estados Unidos, a presença da torcida verde-amarela na Flórida deve ser grande. Lyoto Machida gosta desse incentivo. "Isso faz bastante diferença, ajuda muito. Como se diz no futebol, é mais um em campo."

O card principal ainda contará com outros três brasileiros. Antônio "Cara de Sapato" retorna depois da sua primeira queda nos médios do Ultimate e enfrentará o jamaicano Eddie "Truck" Gordon, que acumula duas derrotas em sequência. 

Pela mesma categoria, Thiago "Marreta" espera melhorar seu cartel 2-2 no UFC. Seu adversário, o canadense Steve Bossé, fará sua estreia no principal torneio de MMA do mundo. Em outros campeonatos, "Boss" tem recorde de 10 vitórias e uma derrota. 

Quem também espera crescer é Hacran Dias, do peso pena. Com duas vitórias e duas derrotas, o carioca espera alavancar uma sequência, passando por Levan Makashvili, da Geórgia. 

UFC FIGHT NIGHT 70

Sábado, 27 de junho, 21h (horário de Brasília)

Hollywood, Flórida, EUA

CARD PRINCIPAL

Médios: Lyoto Machida x Yoel Romero

Meio-Médios: Santiago Ponzinibbio x Lorenz Larkin

Médios: Antonio "Cara de Sapato" x  Eddie "Truck" Gordon

Médios: Thiago "Marreta" x Steve Bosse

Penas: Hacran Dias x Levan Makashvili

Onde assistir: Canal Combate (pay-per-view) e Globo

Tudo o que sabemos sobre:
lutasufcmmalyoto machidayoel romero

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.