AFP
AFP

Relação íntima entre boxe e cinema é mantida durante a pandemia

Pelo menos quatro produções reproduzindo a carreira de personalidades dentro dos ringues foram terminadas, aumentando ainda mais a lista de filmes e documentários sobre histórias do pugilismo

Wilson Baldini Jr., O Estado de S.Paulo

18 de julho de 2020 | 08h00

Anthony Quinn uma vez disse que "todo grande ator precisava pelo menos uma vez em sua carreira representar um boxeador no cinema". O lendário artista, que protagonizou "Réquiem de um lutador", em 1962, tentou explicar a relação íntima entre a nobre arte e a telona. Durante a pandemia pelo menos quatro produções reproduzindo a carreira de personalidades dentro dos ringues foram terminadas, aumentando ainda mais a lista de filmes e documentários sobre histórias do pugilismo.

Mike Tyson, um dos grandes personagens do período de confinamento, ao surgir em forma aos 53 anos e despertar a curiosidade de um possível retorno aos quadriláteros, vai ser interpretado mais uma vez. O ator convidado foi Jamie Foxx, ganhador do Oscar em 2005 por seu papel em "Ray", que contou a vida do cantor Ray Charles.

Foxx exibiu os músculos e até o corte de cabelo parecido com o ex-campeão mundial dos pesos pesados nas redes sociais. "Garanto que vocês vão me encontrar na rua e pedir autógrafo, pensado que sou Mike", disse o ator, que será dirigido por Martin Scorsese, diretor também de "Touro Indomável" (1980), filme bastante premiado, no qual é contada a história de Jake La Motta, peso médio nas décadas de 40 e 50, vivido por Robert De Niro.

Já Mahershala Ali, premiado com o Oscar duas vezes, será o astro de "Unruly" (Indisciplinado), documentário que vai mostrar a vida de Jack Johnson, primeiro negro campeão mundial dos pesos pesados no início do século passado. Ainda sem data definida para estrear, a série no canal HBO vai ter seis capítulos.

O documentário "Bundini", com 22 minutos de produção promete ser um dos mais emocionantes, pois vai contar a relação fraternal entre Bundini Brown, conselheiro, auxiliar de treinamento e amigo de Muhammad Ali. A produção promete fotos e imagens inéditas deste relacionamento marcante na carreira do boxeador mais importante de todos os tempos.

Na lista não poderia faltar Rocky Balboa, o maior personagem do cinema quando o assunto é boxe. Em um documentário feito para a internet, Sylvester Stallone narra "40 years of Rocky Balboa: The Birth of the Classic", uma produção repleta de making off e de imagens inéditas no set de filmagens.

"Talvez o boxe seja mais fácil de filmar que outros esportes", disse Scorsese, quando estava focado no trabalho de "Touro Indomável". "Mas é certo que os personagens, as histórias de superação e o fascinante ambiente de uma luta ajudam para criar filmes interessantes."

Por isso, Samuel L. Jackson, Denzel Washington, Russel Crowe, Errol Flynn, Will Smith, Paul Newmann, Alain Delon, Kirk Douglas, Humphrey Bogart, james Earl Jones e Elvis Presley formam um belo time para representar os muitos atores que calçaram as luvas para interpretar a nobre arte dentro da sétima arte.

DEZ GRANDES FILMES DE BOXE

1927 - O Ringue - Direção: Alfred Hitchcock - Ator: Carl Brisson

1942 - O Ídolo do Público - Direção: Raoul Walsh - Ator: Errol Flynn

1947 - Corpo e Alma - Direção: Robert Rossen - Ator: John Garfield

1949 - O Invencível - Direção: Mark Robson - Ator: Kirk Douglas

1949 - Punhos de Campeão - Direção: Robert Wise - Ator: Robert Ryan

1956 - Marcado pela Sarjeta - Direção: Robert Wise - Ator: Paul Newmann

1976 - Rocky - Direção: John G. Avildsen - Ator: Sylvester Stallone

1980 - Touro Indomável - Direção: Martin Scorsese - Ator: Robert De Niro

1996 - Quando Éramos Reis - Direção: Leon Gast - Ator: Muhammad Ali (documentário)

2004 - Menina de Ouro - Direção: Clint Eastwood - Atriz: Hilary Swank

Tudo o que sabemos sobre:
boxeMike TysonJamie Foxx

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.