Ronda Rousey admite namoro com lutador Travis Browne

Ronda Rousey admite namoro com lutador Travis Browne

Peso pesado é parceiro de treinos e acusado de violência doméstica

O Estado de S. Paulo

13 de outubro de 2015 | 11h10

O amor está no ar no UFC. E, como não poderia deixar de ser no maior campeonato de MMA do mundo, tem polêmica envolvida. Nesta terça-feira, a lutadora Ronda Rousey admitiu que está em um relacionamento com Travis Browne, que luta nos pesos pesados e é seu companheiro de treino. Ele é acusado de agredir fisicamente sua ex-namorada.

“Não costumo falar muito da vida pessoal, e por isso que se dá o nome de 'vida pessoal'. Mas é verdade que Travis e eu estamos em um relacionamento. Tenho gostado muito de estar com ele, e nós estamos nos conhecendo melhor. Isso é tudo que vou falar sobre esse assunto", disse Ronda à emissora ESPN.

Nesta segunda-feira, Travis foi o primeiro a assumir o relacionamento em entrevista ao portal MMA Fighting: “Namorar é para crianças. Durante o verão (inverno aqui no Brasil), durante todas as coisas que eu tive que batalhar no verão, nós começamos a conversar naquela época e agora eu digo que estamos juntos. Ela é minha mulher e eu sou seu homem. Não é namorado e namorada. Não há namoro. Nós estamos juntos", enfatizou.

O curioso é que Ronda promove uma campanha contra a violência doméstica e se diz feminista convicta. "Don't be a Do Nothing Bitch" (em tradução livre, 'não seja uma vadia omissa'). Em resposta a uma usuária nas redes sociais, Jenna Rennee, a ex-namorada que acusa Travis de agressão, ironizou a lutadora.

"Eu esperava mais dela, ela deveria ter vergonha de si mesma. Sinceramente? É questão de tempo até que ela veja suas cores reais. Espero que não precise chegar nesse ponto, mas se chegar, ela escolheu ficar com um cara casado que está sob investigação por violência doméstica. Eu fiz a minha parte. Quem é a vadia omissa que está com um cara casado que bateu na esposa? #clássico", proferiu Jenna. Travis chegou a ser afastado do UFC mas foi reintegrado por falta de provas.

Porém, os boatos de que ele e Ronda estariam juntos surgiu há mais tempo, quando a própria Jenna, que o acusa de agressão, revelou o 'affair' também em suas redes sociais. No próximo mês, Ronda, que defende o cinturão peso galo feminino, encara a também invicta Holly Holm. No cartel, a nova paixão de Travis Browne acumula 12 vitórias em 12 lutas, sendo três delas por nocaute.

Tudo o que sabemos sobre:
LutasMMAUFCRonda RouseyTravis Browne

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.