Steve Marcus/ Reuters
Steve Marcus/ Reuters

Superluta entre Anthony Joshua e Tyson Fury deve ser anunciada em breve, diz promotor

Confronto entre ingleses unificaria os títulos de campeão mundial dos pesos pesados de todas as principais associações do boxe

Redação, O Estado de S.Paulo

06 de fevereiro de 2021 | 21h18

A luta entre Anthony Joshua e Tyson Fury, os dois maiores pesos-pesados do boxe na atualidade, pode estar perto de se concretizar. Segundo Eddie Hearn, promotor que está organizando a luta, os contratos dos dois boxeadores britânicos devem ser assinados em breve para um embate que unificaria os títulos mundiais de todas as organizações - Joshua tem os cinturões da WBA, IBF, WBO e IBO e Fury o da WBC.

"Estamos indo para frente e para trás com os contratos. Enviamos um rascunho, eles devolveram com algumas mudanças, nada tão grande, então estamos nos movendo na direção correta. Eu perdi as contas do número de vezes que disse 'nas próximas duas semanas' mas nas próximas duas semanas esperamos por um anúncio oficial e então vamos sair e decidir essa coisa onde acontecerá", afirmou Hearn em entrevista ao canal do youtube Boxing Matchroom.

Sobre o local da luta, Hearn afirmou que há propostas de diversos locais do mundo. "Tivemos grandes propostas do Oriente Médio. Estamos falando com o Catar, com a Arábia Saudita, com Abu Dabi (que fica nos Emirados Árabes Unidos), estamos falando com Cingapura, com a China, com a América (Estados Unidos)", afirmou.

Ainda de acordo com Hearn, as lutas preliminares serão definidas apenas após a assinatura do contrato por Joshua e Fury.

Tudo o que sabemos sobre:
boxeAnthony JoshuaTyson Fury

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.