Reprodução/ Facebook UFC
Reprodução/ Facebook UFC

UFC Fight Night em Fortaleza tem Vitor Belfort em busca de redenção

Vindo de duas derrotas, brasileiro faz a principal luta da noite contra Kelvin Gastelum

O Estado de S.Paulo

11 de março de 2017 | 07h00

Acontece neste sábado, a partir das 21h30, o UFC Fight Night, em Fortaleza, no Centro de Formação Olímpica. O evento traz um card com 12 lutas e tem como principal atração o embate entre o brasileiro Vitor Belfort e o americano Kelvin Gastelum, pela categoria dos médios.

Antes do "Fenômeno", entretanto, outro brasileiro de renome entrará no octógono: Maurício Shogun. Especialista em luta em pé, o veterano de 35 anos terá pela frente o nova-iorquino Gian Villante. Shogun vive bom momento e venceu seus dois últimos confrontos, contra Antonio Rogerio Nogueira e Corey Anderson.

O UFC em Fortaleza conta com a presença de 12 brasileiros. Alguns deles, ainda buscam se firmar na franquia, casos de Francisco Massaranduba e Serginho Moraes. Já outros, tentam melhorar suas colocações no ranking, como Bethe Correia e Edson Barboza.  

"Estou cofiante e motivado"

Vitor Belfort vem de duas derrotas no UFC por nocaute técnico. Primeiro, foi superado por Ronaldo Jacaré. Na sequência, foi a vez de Gegard Mousasi o vencer. Apesar disso, se engana quem pensa que o experiente atleta não está focado.

Em entrevista ao Estado em janeiro, o "Fenômeno" disse estar fazendo o "possível e o impossível" em sua preparação, e sentenciou: Kelvin Gastelum será surpreendido.

Belfort já passou por diversas situações dentro da entidade. Foi do êxtase de se tornar o mais jovem a conquistar um título do Ultimate, somente com 19 anos à desconfiança, de ser um lutador de 39 anos com duas derrotas seguidas em seu cartel e ocupando apenas a nona colocação do ranking. Agora, ele espera dar uma boa resposta aos críticos.

A missão do carioca, porém, se mostra ingrata por conta do retrospecto recente de Gastelum. Diferente do brasileiro, o norte-americano conquistou duas vitórias em suas duas últimas apresentações, contra Tim Kennedy, por nocaute técnico e Johny Hendricks, por decisão unânime. Ele ocupa a décima colocação dos médios e uma vitória contra Vitor deve significar uma subida na categoria.

Confira o card completo do UFC em Fortaleza:

Card principal

Vitor Belfort (84,3kg) x Kelvin Gastelum (83,9kg)

Maurício Shogun (93,4kg) x Gian Villante (93,4kg)

Edson Barboza (70,3kg) x Beneil Dariush (70,8kg)

Jussier Formiga (57,2kg) x Ray Borg (57,2kg)

Bethe Correia (61,7kg) x Marion Reneau (61,2kg)

Alex Cowboy (77,6kg) x Tim Means (77,1kg)

Card preliminar

Francisco Massaranduba (70,8kg) x Kevin Lee (70,8kg)

Serginho Moraes (77,6kg) x Davi Ramos (77,1kg)

Rani Yahya (61,7kg) x Joe Soto (61,2kg)

Michel Trator (70,8kg) x Josh Burkman (70,8kg)

Rony Jason (66,2kg) x Jeremy Kennedy (66,2kg)

Garreth McLellan (83,5kg) x Paulo Borrachinha (83,9kg)

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.