Acusado de doping, Rusedski joga e vence

A acusação de doping parece não ter afetado o jogo do tenista britânico Greg Rusedski. Depois de ter sido anunciado que a substância proibida nandrolona foi encontrada em seu organismo, ele voltou à quadra nesta segunda-feira e venceu o argentino Juan Ignacio Chela, por 7/6 (7/1) e 7/6 (7/5), na estréia do Torneio de Sydney, na Austrália.Segundo a divulgação feita na semana passada, Rusedski foi flagrado no exame antidoping realizado em julho de 2003, durante o Torneio de Indianápolis. Ele alega ser inocente, justificando o resultado positivo pelos suplementos administrados pelos próprios médicos da ATP, e deverá ser julgado no próximo mês. Além da vitória de Rusedski, o destaque da primeira rodada em Sydney foi o australiano Lleyton Hewitt, que ganhou do armênio Sargis Sargsian por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/2. Em outra partida do dia, Todd Reid, da Austrália, derrotou o chileno Nicolas Massu por 7/6 (7/5), 2/6 e 6/4.

Agencia Estado,

12 de janeiro de 2004 | 12h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.