Agassi arrasa Massu em Wimbledon

Com mais um show, o norte-americano Andre Agassi venceu o chileno Nicolas Massu por 6/3, 6/1 e 6/1, avançando às oitavas de final do Torneio de Wimbledon sem perder um set sequer até agora. Neste domingo, como manda a tradição no All England Club, não haverá jogos e a competição chega assim ao fim da primeira semana, com poucas surpresas. Agassi não quis perder tempo em seu jogo diante de Nicolas Massu, em apenas 1h21 eliminou o adversário e mantém-se entre os favoritos ao título deste ano.Entre as surpresas desta primeira semana de Wimbledon, uma das maiores foi a eliminação do russo Yevgeny Kafelnikov, que neste sábado caiu diante do argentino Guillermo Cañas por 3 sets a 1, parciais de 3/6, 6/2, 6/3 e 7/6 (7/2). Kafelinikov, justamente na rodada anterior, dizia estar preparado para vencer o torneio e, por isso, ficou muito desapontado e aborrecido pela derrota.Enquanto isso, o australiano Lleyton Hewitt garantiu sua 15.ª vitória em quadras de grama ao superar o marroquino Younes El Aynaoui por 7/5, 5/7, 6/4 e 7/6 (7/4) e agora disputa uma vaga nas quartas-de-final diante do francês Nicolas Escude, que derrotou o compatriota Sebastien Grosjean por 5/7, 6/4, 6/3 e 6/4.Uma das novas forças do tênis russo, Mikhail Youzhny também garantiu sua vaga na segunda semana, agora beneficiado pela desistência do francês Fabrice Santoro, que abandonou a partida, por causa de uma contusão, depois de estar perdendo por 7/5, 6/0 e 2/0.No feminino, após a eliminação de Martina Hingis, na primeira rodada, agora foi a vez da francesa Amelie Mauresmo ser surpreendida antes da segunda semana. Neste sábado, perdeu para a tailandesa Tamarine Tanasugarn por 6/4 e 6/4.Outras favoritas não encontraram muitos problemas para chegar a segunda semana. A belga Kim Cljisters, finalista em Roland Garros, ganhou de Angeles Mantolio, da Espanha, por 7/5 e 6/3. A campeã do ano passado, a norte-americana Venus Williams segue na competição com categoria. Neste sábado passou pela russa Elena Likhovtseva por 6/2 e 6/2.Uma das mais fortes candidatas ao título deste ano, a norte-americana Lidnsay Davenport derrotou a suíça Patty Schnyder por 6/2 e 6/3 e vai jogar por uma vaga nas quartas-de-final diante da iugoslava Jelena Dokic, que superou a alemã Barbara Schet por 6/3 e 7/5.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.