Alemã Beck bate revelação letã de 18 anos e fatura o Torneio de Quebec

A alemã Annika Beck freou com autoridade a surpreendente semana da revelação letã Jelena Ostapenko, de apenas 18 anos, neste domingo, na final do Torneio de Quebec. A tenista precisou de apenas 53 minutos em quadra para arrasar a adversária por duplo 6/2 e levar o título da competição canadense.

Estadão Conteúdo

20 de setembro de 2015 | 21h32

Atual 57ª posição do ranking mundial, a jogadora de 21 anos fez valer o favoritismo diante da 101ª colocada da WTA e conquistou o seu segundo título no circuito profissional, depois de ter sido campeã do Torneio de Luxemburgo de 2014.

Já Ostapenko, que com sua campanha em Quebec irá ingressar no Top 100 do ranking mundial nesta segunda-feira, quando a listagem será atualizada pela WTA, fracassou na tentativa de erguer o seu primeiro troféu no circuito principal do tênis feminino.

TÓQUIO - Em outra final disputada neste domingo, a belga Yanina Wickmayer voltou a ser campeã de um torneio após quatro anos e meio de jejum ao vencer a polonesa Magda Linette por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 4/6, 6/3 e 6/3.

Wickmayer não erguia uma taça do circuito da WTA desde quando foi campeã do Torneio de Auckland, no início de 2010, pouco depois de ter surpreendentemente avançado à semifinal do US Open de 2009, então como uma jovem revelação de 19 anos. Na época, a grande campanha a levou ao 12º lugar do ranking mundial.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisTorneio de QuebecAnnika Beck

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.