AFP/Francois Xavier Marit
AFP/Francois Xavier Marit

Algoz de Bellucci e esperança da torcida, Pouille cai em Roland Garros

Francês foi batido pelo placar de 3 sets a 2

O Estado de S.Paulo

02 de junho de 2017 | 17h50

Uma das esperanças da torcida francesa em Roland Garros, o tenista local Lucas Pouille foi eliminado na terceira rodada nesta sexta, após um duro duelo com o espanhol Albert Ramos-Viñolas. Pouille, 16º cabeça de chave, foi o algoz do brasileiro Thomaz Bellucci, número 1 do Brasil, na segunda rodada.

Contando com o apoio maciço da torcida presente na quadra Suzanne Lenglen, Pouille foi batido em cinco sets, pelo placar de 3 sets a 2, com parciais de 6/2, 3/6, 5/7, 6/2 e 6/1. Tenista número 17 do mundo, o francês vinha de vitória por 3 a 0 sobre Bellucci, na Philippe Chatrier, na quarta-feira.

Aos 23 anos, Pouille é considerado uma das promessas da chamada NextGen, a nova geração do circuito profissional masculino. Como tal, o francês era uma das principais esperanças da torcida francesa na chave masculina de Roland Garros, especialmente depois da queda precoce de Jo-Wilfried Tsonga.

Com a vitória sobre Pouille, Albert Ramos-Viñolas se credenciou para o confronto com o sérvio Novak Djokovic, número dois do mundo e atual campeão de Roland Garros, nas oitavas de final.

FALTA DE LUZ

A programação da chave feminina desta sexta não pôde ser finalizada porque o duelo entre a dinamarquesa Caroline Wozniacki e a norte-americana CiCi Bellis foi interrompido no segundo set por falta de iluminação natural. A ex-número 1 do mundo liderava o placar por 6/2 e 2/5.

A vencedora deste confronto vai enfrentar nas oitavas de final a russa Svetlana Kuznetsova, campeã de Roland Garros em 2009.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.