Algoz de Bellucci, Estrella Burgos bate Lorenzi e fatura tricampeonato em Quito

Tenista dominicano levanta a taça após derrotar brasileiro nas semifinais dos últimos três anos

Estadão Conteudo

12 Fevereiro 2017 | 21h10

Algoz do brasileiro Thomaz Bellucci por três anos seguidos no Torneio de Quito, o dominicano Victor Estrella Burgos faturou o tricampeonato do ATP 250 realizado em quadras de saibro no Equador ao vencer o italiano Paolo Lorenzi por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 6/7 (2/7), 7/5 e 7/6 (8/6).

No último sábado, Burgos passou por Bellucci nas semifinais da competição, na qual também eliminou o tenista paulista na decisão do ano passado e nas semifinais de 2015. Foram os três únicos duelos até hoje com o dominicano, que com o novo triunfou elevou a sua condição de carrasco do brasileiro.

Apenas o atual 156º colocado da ATP, Burgos voltará a ter status de Top 100 na próxima atualização do ranking mundial, nesta segunda-feira. O veterano jogador de 36 anos, que já chegou a ser o 43º tenista do mundo, agora acumula 15 vitórias seguidas no Torneio de Quito, tendo em visto a somatória de triunfos de suas três últimas campanhas no Equador.

Já Lorenzi, que não conseguiu justificar a sua condição de terceiro cabeça de chave na final e 46º colocado da ATP, buscava o seu segundo título na carreira depois de ter sido campeão do Torneio de Kitzbuhel, na Áustria, no ano passado. E a derrota deste domingo foi doída também pelo fato de que ele chegou a ter um match point no tie-break do terceiro set, mas viu Burgos salvar e depois liquidar a fatura em 8/6.

Iluminado em Quito, Estrella Burgos também já havia salvado três match points nas oitavas de final contra o croata Ivo Karlovic, cabeça de chave número 1, para depois passar pelas quartas e em seguida eliminar Bellucci nas semifinais.

Mais conteúdo sobre:
Tênis tênis Thomaz Bellucci

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.