Ibraheem Al Omari/ Reuters
Ibraheem Al Omari/ Reuters

Algoz de Djokovic, Bautista Agut vence Berdych e é campeão em Doha

Na 250.ª vitória da sua carreira, espanhol derrota o checo por 2 sets a 1

Redação, O Estado de S. Paulo

05 Janeiro 2019 | 16h05

Algoz do sérvio Novak Djokovic na semifinal, o espanhol Roberto Bautista Agut manteve o bom momento neste sábado e se sagrou campeão do Torneio de Doha, no Catar. O atual 24.º do mundo venceu na final o checo Tomas Berdych pelo placar de 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 3/6 e 6/3, em 1h55min de jogo.

Sétimo cabeça de chave, Bautista Agut encerrou uma de suas melhores semanas da carreira. No caminho até o troféu, despachou três rivais que estão ou já estiveram dentro do top 10 do ranking, casos do suíço Stan Wawrinka, de Djokovic (atual número 1 do mundo) e do próprio Berdych, ex-número 4 do mundo e atual 71.º do ranking.

O tenista de 30 anos, que já figurou no 13.º posto da ATP, chegou ao seu nono troféu da carreira. O resultado na final coincidiu ainda com a marca de 250 vitórias no currículo. Berdych, por sua vez, estendeu o jejum de títulos – o checo não é campeão desde 2016. O tenista de 33 anos voltou a competir em Doha após estar afastado das quadras por lesão desde junho do ano passado.

Para levantar o troféu, Bautista Agut começou o jogo em bom nível e precisou de apenas uma quebra de saque para abrir vantagem no placar. Na segunda parcial, Berdych elevou o nível do seu jogo. Ele obteve sua única quebra do jogo e sequer teve o seu serviço ameaçado pelo espanhol.

O terceiro set foi o mais equilibrado do confronto. Bautista Agut precisou salvar três break points para manter o seu serviço no set. E faturou uma quebra, em quatro oportunidades cedidas pelo checo, para sacramentar a vitória e o título.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.