Andrew Couldridge / Reuters
Andrew Couldridge / Reuters

Algoz de Rogerinho, Bautista Agut avança em São Petersburgo; Tsonga cai

Italiano Fabio Fognini também se mantém vivo na chave

Estadao Conteudo

22 de setembro de 2017 | 18h21

Algoz do brasileiro Rogério Dutra Silva nas oitavas de final, o espanhol Roberto Bautista Agut venceu mais uma nesta sexta-feira no Torneio de São Petersburgo e avançou à semifinal da competição russa, de nível ATP 250. O italiano Fabio Fognini também se manteve vivo na chave enquanto o francês Jo-Wilfried Tsonga foi eliminado.

Cabeça de chave número 1 do torneio, Bautista Agut despachou o sérvio Viktor Troicki, sétimo pré-classificado, por 6/1 e 6/2. Após vencer seu segundo confronto no piso rápido de torneio russo, o número 13 do mundo terá pela frente na semifinal o italiano Fabio Fognini, 29º do ranking.

Para avançar, o italiano encontrou pouca dificuldade nesta sexta. Precisou de apenas 58 minutos para despachar o lituano Ricardas Berankis, com direito a um "pneu": 6/3 e 6/0. Fognini disputa seu primeiro torneio após ser desclassificado do US Open por ter ofendido a arbitragem.

A outra semifinal terá o alemão Jan-Lennard Struff e o bósnio Damir Dzumhur. Struff foi o responsável por eliminar o francês Jo-Wilfried Tsonga, segundo cabeça de chave. O 54º do ranking venceu o 18º pelo placar de 2 sets a 1, com parciais de 3/6, 6/3 e 6/2. Em temporada irregular, Tsonga ainda tenta recuperar sua melhor forma técnica neste ano.

Damir Dzumhur, por sua vez, derrotou o britânico Liam Broady por 6/3, 2/6 e 6/4. O tenista número 54 do mundo tenta chegar a sua segunda final no circuito da ATP, neste ano.

FRANÇA - No Torneio de Metz, também de nível ATP 250, o belga David Goffin decepcionou os fãs nesta sexta. Maior herói da vitória da Bélgica sobre a Austrália, na semifinal da Copa Davis, no fim de semana passado, o segundo cabeça de chave em Metz foi eliminado pelo local Benoit Paire por 2 a 1, com parciais de 7/6 (7/3), 5/7 e 7/6 (7/9).

Sétimo pré-classificado, Paire vai enfrentar na semifinal o georgiano Nikoloz Basilashvili, que avançou na chave ao superar o usbeque Denis Istomin por 7/5 e 6/3. Do outro lado da chave, a briga pela vaga na final ficará entre os alemães Peter Gojowczyk e Mischa Zverev.

Quinto cabeça de chave, o irmão mais velho de Alexander Zverev bateu o francês Kenny De Schepper por 7/5 e 7/6 (7/4). Peter Gojowczyk, por sua vez, superou o romeno Marius Copil por 6/2 e 6/4.

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.