Marcello Zambrana/Divulgação
Marcello Zambrana/Divulgação

Almagro derrota Robredo e vai às quartas no Brasil Open

Tricampeão do torneio paulistano, espanhol mostra recuperação após delicada cirurgia no pé e derrota compatriota por 2 sets a 0 

Estadão Conteúdo

11 de fevereiro de 2015 | 23h38

Em duelo de campeões do Brasil Open, o espanhol Nicolás Almagro superou o compatriota Tommy Robredo por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/6 (7/1), e garantiu seu lugar nas quartas de final do torneio de nível ATP 250 disputado no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo.

Com o resultado, Almagro parece embalar no saibro indoor da capital paulista. Na estreia, ele obteve sua primeira vitória em nove meses no circuito, após ficar afastado durante a maior parte da temporada passada, por conta de uma cirurgia no pé. Agora, o espanhol faturou seu segundo triunfo seguido, desta vez sobre o experiente Robredo, campeão do torneio em 2009.

"Sabia que teria que jogar com muita intensidade, porque Tommy é um grande jogador nessa superfície e estou feliz por conquistar duas vitórias seguidas", comemorou Almagro, maior campeão da história do Brasil Open, com três títulos (2008, 2011 e 2012). Foi a sexta vitória dele sobre Robredo em sete partidas disputadas no circuito profissional.

Em busca da vaga em mais uma semifinal no Brasil Open, Almagro vai enfrentar na sequência o uruguaio Pablo Cuevas, que avançou na chave graças à desistência do argentino Facundo Bagnis - ele abandonou quando perdia o set inicial por 5/1.

Também nesta quarta, o argentino Leonardo Mayer superou o espanhol Albert Ramos por 6/4, 3/6 e 6/1 e assegurou seu lugar nas quartas de final. Ele poderá ser o próximo adversário de João Souza, o Feijão. Único brasileiro vivo ainda na chave de simples, Feijão vai encarar Mayer se eliminar o eslovaco Martin Klizan na rodada desta quinta-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.