Paul J. Bereswill/AP - 2/9/2009
Paul J. Bereswill/AP - 2/9/2009

Amelie Mauresmo anuncia adeus ao tênis profissional

Aos 30, a primeira francesa a liderar o ranking da WTA decide 'virar a página' após 'cuidadosa consideração'

AE-AP, Agência Estado

03 Dezembro 2009 | 08h58

A ex-número 1 do mundo Amelie Mauresmo anunciou nesta quinta-feira a sua retirada oficial do tênis profissional. A atleta, de 30 anos, que terminou a última temporada com a 21.ª colocada do ranking, foi a primeira francesa a liderar a listagem da WTA, entidade que controla o tênis feminino.

Veja também:

link'Eu não quero treinar mais', diz Mauresmo sobre adeus

Mauresmo ganhou dois títulos de Grand Slam na carreira, ambos em 2006, com as conquistas do Aberto da Austrália e de Wimbledon. Ela disputou o seu último jogo como profissional na segunda rodada do US Open deste ano, quando perdeu para a canadense Aleksandra Wozniak por 2 sets a 0, com 6/4 e 6/0.

"Vim aqui para anunciar o fim da minha carreira. Tomei esta decisão após uma cuidadosa consideração", afirmou Mauresmo, em entrevista coletiva em Issy-les-Moulineaux, cidade próxima a Paris.

A tenista francesa assumiu a primeira colocação do ranking feminino em setembro de 2004, depois ter se profissionalizado em 1993. De lá para cá, ela conquistou 25 títulos de simples no circuito da WTA, além de ter sido vice-campeã olímpica nos Jogos de Atenas, em 2004.

Nesta temporada, Mauresmo deu sinais de desânimo. No mesmo ano em que caiu logo na estreia do Torneio de Roland Garros, ao perder para Anna-Lena Groenefeld, ela anunciou, em outubro, que não competiria mais em 2009. "Após tirar um tempo para refletir, finalmente decidi encerrar minha carreira e virar a página", anunciou a francesa em seu site oficial.

Mais conteúdo sobre:
tênisAmelie MauresmoWTA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.