Christian Bruna/EFE
Christian Bruna/EFE

Anderson e Nishikori triunfam e decidem título do Torneio de Viena

Tenista sul-africano superou Fernando Verdasco pelo placar de 6/3, 3/6 e 6/4 em duelo acirrado

Estadão Conteúdo

27 Outubro 2018 | 16h06

O tenista sul-africano Kevin Anderson venceu um duelo equilibrado contra o espanhol Fernando Verdasco para alcançar a final do Torneio de Viena, na Áustria, neste sábado. O vice-campeão de Wimbledon levou a melhor pelo placar de 6/3, 3/6 e 6/4, em um duelo de 2h26min. Na final, ele vai encarar o japonês Kei Nishikori.

Anderson, sempre muito focado, pressionou Verdasco desde o início graças ao seu poderoso saque. Foram 19 aces e aproveitamento de até 77% dos pontos quando jogou com o primeiro serviço. Mesmo assim, o número 8 do mundo sofreu duas quebras de saque no confronto, diante do atual 30º do ranking.

Verdasco, por sua vez, obteve três quebras, mas acabou sucumbindo diante da própria irregularidade no serviço. O ex-Top 10 registrou sete aces e oito duplas faltas. Acabou sofrendo três quebras, o que foi decisivo para a sua derrota.

Com o resultado, Anderson vai disputar a sua 18ª final de nível ATP na carreira. Ele busca o quinto título no circuito, sendo o segundo neste ano.

Para tanto, terá que superar Kei Nishikori. O 11º colocado superou neste sábado o casaque Mikhail Kukushkin por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/3. Tentando retomar sua melhor forma técnica, o japonês já venceu onze títulos de ATP, mas vive um jejum de títulos desde fevereiro de 2016 em Memphis. Desde então, já perdeu sete finais seguidas, duas delas este ano.

Kevin Anderson e Kei Nishikori se enfrentam a partir das 10h (de Brasília) na decisão do título do ATP 500 de Viena. O histórico é favorável ao japonês, que venceu quatro dos seis jogos que fez contra o sul-africano.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.