Bobb Yip/Reuters - 25/10/2009
Bobb Yip/Reuters - 25/10/2009

Andre Agassi aumenta polêmica e diz que se dopou por um ano

'Quando se decide contar a sua história em um livro, tem que ser honesto', revelou o ex-número 1 do ranking

EFE,

31 de outubro de 2009 | 09h58

A já grande polêmica em torno das recentes confissões em livro de Andre Agassi ganhou força nesta sexta-feira depois que o tenista americano revelou à revista People que não só consumiu uma potente metanfetamina, como o fez durante um ano.

Veja também:

especialESPECIAL - A sombra das drogas no esporte

Agassi admitiu à última edição da revista que consumiu a "Crystal Meth", como é conhecida a droga, periodicamente durante "mais ou menos um ano".

Em sua autobiografia que sairá à venda em 9 de novembro, o ganhador de oito torneios de Grand Slam confessou ter usado a droga em 1997 e driblado a ATP com mentiras para evitar punições.

 

"Quando se decide contar a sua história, tem que ser honesto", disse Agassi. "Especialmente quando se vai chamá-la de Open" completou o tenista em referência ao título da autobiografia.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisdopingAndre Agassi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.