André Sá é eliminado em Nottingham

O brasileiro André Sá, 88º do ranking mundial, perdeu nesta segunda-feira na estréia do ATP de Nottingham, na Inglaterra, para o romeno Adrian Voinea, que marcou 6/1 e 7/6 (7-3). O torneio, de US$ 400 mil, disputado em quadra de grama, serviria para o brasileiro ganhar ritmo para jogar em Wimbledon, a partir do dia 24. Outro brasileiro, Alexandre Simoni, número 122 do ranking, deve estrear nesta terça. E também não terá moleza. Seu adversário será o francês Fabrice Santoro, cabeça-de-chave 2. Mas Simoni diz que está motivado porque estreará técnico novo: o argentino Pablo Albano no lugar do brasileiro Eduardo Eche. "O Pablo é um cara que tem bastante experiência no circuito, tanto que parou de jogar no final do ano passado", falou Simoni sobre o novo técnico, de 35 anos. "Resolvi treinar com ele porque queria ter uma experiência nova. O Pablo me conhece bastante. Já viajamos e jogamos várias vezes juntos. Sei que ele tem muita coisa para me passar e ensinar." Sobre o torneio, ele falou. "Grama não é a minha especialidade, mas vou dar o máximo." Outros resultados: Andrei Stoliarov (RUS) 6/3, 3/6 e 6/2 Irakli Labadze (GEO); Davide Sanguinetti (ITA) 6/4 e 7/5 Jeff Coetzee (AFS); Michel Kratochvil (SUI) 7/6 (7-4) e 6/3 Jamie Delgado (ING); Greg Rusedski (ING) 4/6, 6/2 e 6/1 Todd Reid (AUS); Wayne Arthurs (AUS) 7/6 (8-6), 6/7 (4-7) e 6/2 Sargis Sargsian (ARM); Michael Llodra (FRA) 6/3 e 6/4 Taylor Dent (EUA). Outro brasileiro, Flavio Saretta, 72º do ranking, está na Holanda, em S´ Hertogenbosch, onde jogará também em piso de grama. Seu primeiro adversário será o francês Nicolas Escude. Fernando Meligeni, segundo melhor tenista brasileiro, 59º do ranking mundial, deve embarcar nos próximos dias para jogar em Wimbledon. Gustavo Kuerten, número 16 do ranking, continua fazendo reforço muscular em Florianópolis, e não jogará em Wimbledon. Acidente - O tenista alemão Tommy Haas é outro que desistiu de jogar em Wimbledon. Mas por um triste motivo. Seu pai, Peter, de 54 anos, está gravemente ferido, internado na Flórida, nos Estados Unidos, por ter sido atingido por um carro quando pilotava uma moto, dia 8 de junho. A mãe do jogador, Brigitte, também estava na moto. Tommy Haas desistiu do torneio para ficar ao lado dos dois.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.