Divulgação
Divulgação

André Sá encerra jejum de 4 anos e fatura título em Buenos Aires

Última taça havia sido em Metz, na França, em 2011

Estadão Conteúdo

01 Março 2015 | 14h56

André Sá encerrou um jejum de quatro anos neste domingo ao se sagrar campeão do Torneio de Buenos Aires, na Argentina. Jogando ao lado do finlandês Jarkko Nieinemn, o brasileiro derrotou o espanhol Pablo Andújar e o austríaco Olivier Marach, pelo placar de 4/6, 6/4 e 10/7, na final da competição de nível ATP 250.

Sá não vencia um torneio da ATP desde 2011, quando foi campeão em Metz, na França, ao lado do britânico Jamie Murray, irmão de Andy Murray. Entre esta conquista e o título deste domingo, o brasileiro faturou o Challenger do Rio de Janeiro, em 2013, na companhia do holandês Thiemo de Bakker.

Ao todo, o tenista de 37 anos soma agora oito títulos em 23 finais disputadas no circuito da ATP. Duas destas decisões foram perdidas justamente na capital argentina, em 2011 e 2012.

Para voltar a levantar um troféu, Sá brilhou na parceria com Nieminen. A dupla fez uma grande campanha no saibro argentino, vencendo todos os jogos de virada, incluindo a decisão. Derrotaram especialistas em duplas como o espanhol David Marrero e ainda eliminara os brasileiros Thomaz Bellucci e Marcelo Demoliner.

Na final, eles começaram atrás dos adversários ao perderem o set inicial. Mas na segunda parcial a dupla do brasileiro melhorou o rendimento no saque e empatou o duelo. O duelo então foi decidido no super tie-break, com soberania de Sá e Nieminen, principalmente nos pontos mais importantes.

Mais conteúdo sobre:
tênis Torneio de Buenos Aires André Sá

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.