Divulgação
Divulgação

André Sá ganha mais uma e avança à final de duplas em Buenos Aires

Brasileiro e Nieminen jogarão pelo título da competição neste domingo diante do espanhol Pablo Andujar e do austríaco Marach

Estadão Conteúdo

28 de fevereiro de 2015 | 22h25

Atuando com um parceiro inédito no circuito profissional, André Sá segue fazendo bonito na chave de duplas do Torneio de Buenos Aires. Neste sábado, o tenista brasileiro e o finlandês Jarkko Nieminen venceram os argentinos Federico Delbonis e Andres Molteni por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 2/6, 6/2 e 10/6.

Com o novo triunfo, Sá e Nieminen jogarão pelo título da competição neste domingo diante do espanhol Pablo Andujar e do austríaco Oliver Marach, que na outra semifinal superaram os argentinos Carlos Berlocq e Diego Schwartzman por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/3. Berlocq, no caso, entrou em quadra já desgastado depois de ter disputado a semifinal do torneio de simples com o espanhol Rafael Nadal.

Veterano do circuito profissional, André Sá fez valer a sua experiência para alcançar mais uma final de duplas em sua carreira, sendo que já na estreia em Buenos Aires ele e Nieminen surpreenderam ao eliminarem os cabeças de chave número 1, o uruguaio Pablo Cuevas e o espanhol David Marrero.

Neste sábado, Sá e o finlandês começaram mal e, sem conseguir quebrar o saque dos rivais por nenhuma vez, ainda permitiram a conversão de dois de três break points cedidos. Assim, caíram por 6/2 no primeiro set.

A partir da segunda parcial, porém, iniciaram uma forte reação. Sem oferecer nenhuma oportunidade de quebra aos adversários, eles ainda foram felizes em duas de três chances de ganhar games no serviço de Delbonis e Monteni para devolver o 6/2.

Já no super tie-break, o brasileiro mantiveram o 100% de aproveitamento no saque e liquidaram o confronto em 10/6, após uma hora e oito minutos de confronto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.