Noushad Thekkayil/EFE
Noushad Thekkayil/EFE

Andrey Rublev bate francês em Doha, conquista 3º título de ATP e entra no Top 20

Russo de 22 anos supera Corentin Moutet, de 20, por 2 sets a 0 - com parciais de 6/2 e 7/6 (7/3), em 1 hora e 26 minutos

Redação, Estadão Conteúdo

11 de janeiro de 2020 | 17h50

Um dos tenistas da nova geração do circuito profissional, Andrey Rublev começou a temporada de 2020 da melhor maneira possível. Neste sábado, o russo de 22 anos conquistou o título do Torneio de Doha, um ATP 250 disputado em quadras rápidas no Catar, ao superar o francês Corentin Moutet, de 20, por 2 sets a 0 - com parciais de 6/2 e 7/6 (7/3), em 1 hora e 26 minutos de partida.

Em 2019, Rublev fechou a temporada com um título em Moscou (um ATP 250) e boas apresentações na Copa Davis. A conquista em Doha é a terceira de nível ATP no currículo e o fará ter o melhor ranking da carreira na próxima semana - saltará do atual 23.º lugar para a 19.ª colocação com os 250 pontos conquistados.

Já Moutet, se firmando como mais uma revelação no circuito profissional, também terá o seu recorde pessoal e irá galgar do 81.º para o 71.º lugar do ranking com a atualização feita pela ATP nesta segunda-feira.

Em 28 anos de disputa do torneio de Doha, Rublev só fica atrás de Andy Murray entre os campeões mais jovens da competição. O britânico conquistou um bicampeonato aos 20 e aos 21 anos, em 2008 e 2009. Além disso, a final deste sábado foi a mais jovem da história do evento.

"Isso é incrível. Sempre fui feliz jogando aqui (Doha). Sempre aproveito o meu tempo aqui e finalmente conquistar o título é algo muito especial", disse Rublev, ainda na quadra central, após receber o troféu. "Está sendo um início incrível de temporada para mim e espero manter este nível de jogo", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.