Michel Euler/AP
Michel Euler/AP

Andy Murray arrasa Dimitrov em Paris e se garante no ATP Finals

Britânico se garante no ATP Finals ao derrotar búlgaro por 2 sets a 0 pelas oitavas de final do Masters 1000 de Paris

Estadão Conteúdo

30 de outubro de 2014 | 14h41

Andy Murray enfim garantiu sua vaga no ATP Finals nesta quinta-feira. O britânico conquistou a classificação ao derrotar o búlgaro Grigor Dimitrov por 2 sets a 0, com duplo 6/3, pelas oitavas de final do Masters 1000 de Paris, em apenas 1h09min. Com a vitória, Murray somou pontos suficientes para voltar a competir diante de sua torcida, em Londres, no torneio que encerra a temporada.

Murray ficara de fora no ano passado porque precisou ser submetido a uma cirurgia nas costas. O problema físico atrapalhou seu início de temporada, pouco brilhante, e exigiu maior empenho do tenista no fim do calendário deste ano para somar pontos e assegurar seu lugar entre os oito melhores de 2014. Será a sexta participação de Murray na competição - agora restam apenas três vagas no ATP Finals.

A classificação teve sabor de vingança para Murray, que acabou com as chances de Dimitrov entrar na competição londrina. Ao derrotar o búlgaro, ele devolveu a eliminação sofrida nas quartas de final de Wimbledon, torneio que defendia o título neste ano. Dimitrov também havia superado o escocês em Acapulco, no início do ano. Com o triunfo desta quinta, Murray soma quatro vitórias em seis partidas contra o adversário.

O resultado levou o escocês para as quartas de final em Paris. Em busca da vaga na semifinal, Murray poderá cruzar com o sérvio Novak Djokovic. Para tanto, o número 1 do mundo precisa vencer o local Gael Monfils, ainda nesta quinta. Djokovic venceu as três partidas que disputou com Murray nesta temporada.

Ainda nesta quinta, David Ferrer eliminou Fernando Verdasco em confronto de espanhóis e também avançou às quartas de final. O checo Tomas Berdych despachou o espanhol Feliciano López e o sul-africano Kevin Anderson surpreendeu ao eliminar o suíço Stanislas Wawrinka, terceiro cabeça de chave, da competição. Mais tarde, o também suíço Roger Federer vai enfrentar o jovem local Lucas Pouille em busca da vaga nas quartas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.