Andy Murray derrota Ferrer pela segunda vez na semana e vai à final

Andy Murray derrota Ferrer pela segunda vez na semana e vai à final

Antes de partida em Torneio de Valência, inglês já havia derrotado tenista espanhol na decisão em Viena, ocorrida no último domingo

Estadão Conteúdo

25 de outubro de 2014 | 13h25

O britânico Andy Murray, cabeça de chave número 3, garantiu neste sábado a vaga na decisão do Torneio de Valência, disputado em quadras duras na Espanha. Pela semifinal, o número 10 do ranking mundial superou o favoritismo do espanhol David Ferrer pela segunda vez em uma semana ao vencer por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/5, e vai em busca de mais uma conquista na carreira.

No último domingo, Murray já havia derrotado Ferrer na decisão do Torneio de Viena por 2 sets a 1. Desta vez, teve um pouco menos de dificuldade e em meio a um confronto extremamente equilibrado, foi soberano nos momentos decisivos para conseguir quatro quebras de serviço e garantir o triunfo.

A vitória ainda acirrou o confronto direto entre dois dos principais tenistas da atualidade. Este foi o nono triunfo de Murray em 16 partidas diante de Ferrer, que, por sua vez, não vence o britânico desde o Masters 1000 de Xangai, disputado no início do mês.

Neste sábado, Murray e Ferrer fizeram uma partida quase igual, mas o britânico se saiu melhor em alguns lances fundamentais. Como no final do segundo set, quando sacava para o jogo e o adversário chegou a ter quatro break points, mas conseguiu sair da situação desconfortável para confirmar o serviço e vencer.

Agora, Murray espera para conhecer seu adversário na decisão. Ele sairá do confronto entre o espanhol Tommy Robredo e o francês Jeremy Chardy, que jogam ainda neste sábado. O britânico possui retrospecto favorável contra ambos, tendo vencido quatro dos seis duelos com Robredo e cinco das seis partidas contra Chardy.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.