Clive Brunskill/AFP
Clive Brunskill/AFP

Andy Murray supera Berdych e se garante na final em Miami

Britânico vence em sets diretos, com duplo 6/4 e busca o tri nos EUA

Estadão Conteúdo

03 de abril de 2015 | 16h17

O britânico Andy Murray é o primeiro finalista do Masters 1000 de Miami. Nesta sexta-feira, o número 4 do mundo se classificou para a decisão ao superar o checo Tomas Berdych, nono colocado no ranking da ATP, por 2 sets a 0, com um duplo 6/4, em 1 hora e 42 minutos.

Campeão em 2009 e 2013, Murray vai buscar, no próximo domingo, o seu terceiro título em Miami. E agora ele espera a definição do seu adversário, que sairá da partida entre o sérvio Novak Djokovic, que o derrotou na final de 2012, e o norte-americano John Isner, que se enfrentam anda nesta sexta-feira, em duelo previsto para começar às 20 horas (de Brasília).

O triunfo desta sexta-feira foi o segundo de Murray sobre Berdych em 2015 - eles duelaram nas semifinais do Aberto da Austrália. Além disso, o resultado levou o britânico a empatar o confronto direto com o checo em 6 a 6.

O duelo que valeu uma vaga na decisão em Miami teve sets praticamente idênticos. Nos três primeiros games de cada parcial, Murray e Berdych trocaram quebras de saque, sendo duas favoráveis ao britânico. Depois disso, eles confirmaram os serviços nos sete games seguintes, o que acabou definindo o triunfo de Murray por um duplo 6/4. Assim, ele se classificou para a final do Masters 1000 de Miami.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.