Anna Kournikova vira prêmio de rifa

Mesmo fora das quadras, por causa de uma contusão, a musa Anna Kournikova não deixará de faturar no Aberto dos Estados Unidos. Afinal, ela será o prêmio de um sorteio promovido por uma empresa norte-americana. O candidato a passar algumas horas com a beldade russa e posar para fotos terá de comprar uma série de produtos e esperar pelo resultado do sorteio. Por ações como esta, Kournikova, embora não tenha conquistado um título importante na carreira, é uma das milionárias do tênis. Outra que anda preferindo ficar fora das quadras é justamente a número 1 do mundo, Serena Williams. Esta semana, pela segunda vez consecutiva, desistiu em cima da hora de participar de um torneio, em San Diego, com premiação de US$ 1 milhão. Sua rival, Jennifer Capriati, duvidou da contusão de Serena e fez severas críticas ao atual comportamento da número 1 do mundo. Trocas de farpas estão "esquentando" o já calorento verão norte-americano. Andre Agassi, jogando em Washington - um dos muitos preparatórios para o US Open - não gostou do fato de Pete Sampras ter desistido de defender o título do Aberto dos Estados Unidos. "A verdade é que a sua motivação para jogar acabou", disse Agassi, que esperava uma revanche, depois de ter perdido a final em Flushing Meadows no ano passado justamente para Sampras.

Agencia Estado,

29 de julho de 2003 | 18h34

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.