Gaspar Nóbrega/Inovafoto
Gaspar Nóbrega/Inovafoto

Antes da estreia no Brasil Open, Haas e Almagro participam de ação beneficente

Tenistas participaram nesta terça-feira de uma clínica de tênis ao lado de pessoas com deficiência

O Estado de S. Paulo

25 de fevereiro de 2014 | 16h54

SÃO PAULO - Os maiores nomes do Brasil Open, o alemão Tommy Haas e o espanhol Nicolas Almagro, participaram nesta terça-feira, em São Paulo, de uma ação beneficente. Os tenistas bateram bola por quase duas horas com adultos e crianças com deficiência.

A ação está ligada a organizações sem fins lucrativos. As principais são a Brasil Open do Bem e a Agente Cidadão, que, juntas, irão beneficiar mais de 200 crianças com deficiência. Uma das instituições atendidas é a Casa do Sol, que desde 1986 atua nas áreas de terapia social e educação terapêutica.

"Temos que ajudar as crianças que mais necessitam. É uma pena que elas vieram ao mundo com enfermidades, mas vemos que elas estão bem e aproveitaram o momento aqui", disse Almagro, tricampeão do Brasil Open em 2008, 2011 e 2012.

Hass, por sua vez, ressaltou a importância do contato com os torcedores. "Acho que é bom colocar um sorriso no rosto das pessoas, espero que tenham gostado. Este é um jeito de os jogadores se conectarem com os fãs e é muito importante para nós", afirmou.

Os tenistas entrarão em quadra a partida da segunda rodada do Brasil Open, que terá início nesta quarta-feira. O torneio está em andamento desde o último dia 22, com os jogos do qualifying. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.