Divulgação/Hopmancup.com
Divulgação/Hopmancup.com

Antes de volta às quadras, Federer faz treino aberto para 6 mil pessoas em Perth

Suíço volta a disputar a Copa Hopman depois de ficar ausente por 15 anos

Estadão Conteúdo

29 de dezembro de 2016 | 16h04

Em preparação para voltar às quadras na Copa Hopman, Roger Federer recebeu mais uma demonstração da idolatria que desperta nos fãs do tênis. Nesta quinta-feira, mais de 6 mil torcedores lotaram a Perth Arena, na Austrália, para acompanhar uma sessão de treinos do suíço.

Horas depois de chegar de Dubai para a disputa do torneio por equipes, Federer treinou ao lado do australiano Matt Ebden. E apesar do cansaço provocado pela viagem, avaliou o treino como especial, em razão da atmosfera criada pelos torcedores.

"Você se acostuma com as condições, ainda mais com tanta gente, que faz você se sentir como em uma situação de partida, o que vai me ajudar ainda mais para o verão australiano. Estou muito feliz por estar aqui", afirmou.

Federer está afastado das quadras há quase seis meses, na maior pausa na sua gloriosa carreira. O seu último duelo foi em julho, quando perdeu para o canadense Milos Raonic nas semifinais de Wimbledon.

"Desde que tomei a difícil decisão de não ir para a Olimpíada, o US Open, todos os outros torneios este ano, eu gastei tempo me recuperando, obviamente, mas muito mais tempo com a família e nós pudemos fazer algumas coisas divertidas. E então fiquei perdido. Treinar essas últimas seis semanas vem sendo realmente difícil, muito desafiador, mas sempre me mantive muito positivo e gostei", comentou.

Em parceria com Belinda Bencic, Federer vai compor a equipe da Suíça. E a sua estreia vai ser em 2 de janeiro, no confronto com a Grã-Bretanha, que contará com Dan Evans e Heather Watson. A última vez em que ele participou da Copa Hopman foi em 2002, um ano depois de, com Martina Hingis, ser campeão do torneio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.