David Gray/Reuters
David Gray/Reuters

Aos olhos do treinador Boris Becker, Djokovic bate Monaco em exibição

Atual segundo colocado do ranking mundial elogia presença da lenda alemã em sua comissão

Agência Estado

09 de janeiro de 2014 | 11h53

MELBOURNE - O sérvio Novak Djokovic venceu o argentino Juan Monaco por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/1, nesta quinta-feira, em jogo de exibição realizado em Melbourne que serviu de preparação para o Aberto da Austrália, Grand Slam de abertura desta temporada do tênis.

Campeão de torneio de exibição realizado em Abu Dabi no fim do ano passado, o atual segundo colocado do ranking mundial atuou nesta quinta acompanhado de perto por Boris Becker, lendário ex-tenista alemão que passou a integrar a equipe de treinadores do sérvio.

Após o duelo diante de Monaco, Djokovic festejou o fato de agora contar com a ajuda de Becker, destacando também a importância psicológica que a presença do alemão, tricampeão de Wimbledon e ex-número 1 do ranking mundial, poderá ter no Aberto da Austrália, que começará na próxima segunda-feira, e em outras competições que virão.

"Estou muito feliz e honrado por ter Boris em nossa equipe como meu treinador. Eu sinceramente espero que ele possa trazer essa vantagem mental porque ele reconhece as situações em que um jogador de topo está enfrentando, especialmente durante os Grand Slams, e as pressões e expectativas, além dos momentos de aperto", ressaltou Djokovic, admitindo que ainda tem pontos a melhorar em seu jogo, como a eficiência do seu saque.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisNovak DjokovicBoris Becker

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.