Georg Hochmuth/AFP
Georg Hochmuth/AFP

Apático, Djokovic perde para italiano em 1h08 e está fora do Torneio de Viena

Sérvio é superado por Lorenzo Sonego por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/1

Redação, Estadão Conteúdo

30 de outubro de 2020 | 16h26

O sérvio Novak Djokovic esteve por 1h08 na quadra, nesta sexta-feira, no Torneio de Viena, mas só ganhou três games diante do italiano Lorenzo Sonego e acabou eliminado nas quartas de final da competição austríaca, de nível ATP 500, ao perder o duelo por 6/2 e 6/1.

Apático, Djokovic nem de longe fez lembrar o seu grande tênis, que o coloca em primeiro lugar no ranking mundial, posição que o sérvio deverá manter até o fim da temporada. A próxima semana, reservada para a disputa do Masters 1000 de Paris, será de descanso para o tenista, campeão deste torneio em 2019 e, por causa disso, não somaria pontos independentemente do resultado.

Na próxima rodada em Viena, Sonego (42 do mundo), que só entrou na chave principal por causa da desistência de outros tenistas, aguarda o vencedor do confronto entre Grigor Dimitrov e Daniel Evans para saber seu adversário nas semifinais.

THIEM TAMBÉM PERDE

Outro resultado surpreendente em Viena foi a eliminação de Dominic Thiem, número três do mundo. Jogando em seu país, o austríaco perdeu para o russo Andrey Rublev (8º do ranking), por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5) e 6/2.

Rublev vai enfrentar por uma vaga na final o sul-africano Kevin Anderson, que bateu o russo Daniil Medvedev por 6/4 e 7/6 (7/5).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.