Apenas Júlio Silva vence no qualifying do Aberto da Austrália

O sofrido tênis brasileiro obteve apenas uma vitória no qualifying do Aberto da Austrália. O bom resultado veio com o lutador Júlio Silva, que após 2 horas e 37 minutos de jogo eliminou o holandês Robin Haase, por 2/6, 6/4 e 9/7. Na próxima rodada Silva pega o perigoso sul-africano Weesley Moodle, um especialista em quadras rápidas como as de Melbourne. O número 1 do Brasil, Tiago Alves, estava na lista dos classificados na chave principal e por isso não se inscreveu no classificatório, mas à última hora não viu seu nome confirmado e os organizadores tiveram de arrumar um lugar para jogar por uma vaga. Porém, de nada adiantou, pois perdeu na estréia para o sul-africano Rik De Voest por 7/5 e 6/0. Rogério Dutra Silva também caiu diante do australiano Paul Baccanello por 4/6, 6/3 e 6/2, enquanto André Ghem foi eliminado pelo britânico Jonathan Marray por 6/3 e 7/6 (7/2).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.