Al Bello/AFP
Al Bello/AFP

Apesar de lesão, Nadal garante que vai jogar Masters 1000 de Miami

Porém, espanhol pondera: 'Não sei quão bem preparado estarei'

Estadão Conteúdo

25 Março 2015 | 09h09

O espanhol Rafael Nadal garante que vai participar do Masters 1000 de Miami, nos Estados Unidos, apesar de ter sofrido uma torção no tornozelo esquerdo na última segunda-feira, durante um treinamento.

Nadal está de bye na primeira rodada e não entrará em ação até sexta-feira. O terceiro cabeça de chave do torneio vai estrear diante do vencedor do duelo entre o também espanhol Nicolas Almagro e o ucraniano Sergiy Stakhovsky. "É claro que eu vou estar na quadra na sexta-feira", disse Nadal. "A coisa é que eu não sei o quão bem preparado estarei. Espero estar pronto. Este torneio é importante para mim".

O número 3 do mundo, que chegou a quatro finais em Miami, mas nunca foi campeão, considerou inicialmente que a lesão era grave o suficiente para deixá-lo de fora do Masters 1000 de Miami. "No começo eu pensei que seria o fim do torneio", disse. "Estou confiante de que vou me encontrar pronto".

O espanhol passou mais de uma hora treinando na terça-feira, apesar do desconforto no tornozelo. Ele consultou o seu fisioterapeuta e pessoas que trabalham para a ATP, e todos concordaram que a lesão não era tão grave, e nem precisava ser analisada em radiografias ou em uma ressonância magnética. "Dói", disse Nadal. "Obviamente, isso é normal. Hoje me vi um pouco limitado, mas consegui treinar por uma hora e meia, mais do que esperava ontem, quando isso aconteceu".

O astro espanhol perdeu grande parte da segunda metade de 2014 por causa de lesões. Depois de Wimbledon, ficou fora das quadras por um problema no punho direito até o final de setembro. Ele jogou em Pequim e Xangai antes de uma apendicite acabar com a sua temporada precocemente, pois teve que realizar uma cirurgia no início de novembro.

Nadal, que conquistou o 65º título da sua carreira em fevereiro, em Buenos Aires, chega ao Masters 1000 de Miami após ser eliminado nas quartas de final em Indian Wells na semana passada.

Mais conteúdo sobre:
tênis Masters 1000 de Miami Rafael Nadal

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.