Apesar do cansaço, Murray confirma que jogará em Roma

O britânico Andy Murray vai participar normalmente do Masters 1000 de Roma. Nesta terça-feira, após admitir que estava cogitando a possibilidade de ficar de fora da competição italiana por causa do desgaste físico, ele confirmou a sua presença. Assim, o escocês buscará o seu terceiro título seguido em competições disputadas em quadras de saibro.

Estadão Conteúdo

12 de maio de 2015 | 14h25

Mais cedo, Murray adiantou que iria tomar uma decisão apenas após o seu treino nesta quarta-feira. "Andy confirmou que vai jogar amanhã após o treinamento de agora", confirmou Matt Gentry, o empresário do terceiro colocado no ranking da ATP.

Nas últimas duas semanas, Murray conquistou o primeiro título da sua carreira em quadras de saibro ao vencer o Torneio de Munique. Depois, no último domingo, foi campeão do Masters 1000 de Madri ao derrotar o espanhol Rafael Nadal na decisão.

Murray explicou que não esperava ter um desempenho tão bom nos torneios de saibro quando preparou o seu calendário, o que acabou o deixando cansado. "Eu fiz a minha agenda com base nas minhas performances no saibro nos últimos anos e nunca joguei muito bem no saibro. Então, não esperava jogar oito jogos na espaço de dez dias".

Agora confirmado em Roma, Murray, o cabeça de chave número 3 do torneio, vai estrear já na segunda rodada. Nesta quarta-feira, ele vai encarar o francês Jeremy Chardy, o número 38 do mundo.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisMasters 1000 de RomaAndy Murray

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.