Rick Stevens/Reuters
Rick Stevens/Reuters

Após 321 dias sem jogar, Del Potro volta às quadras com vitória

Argentino estreia no Torneio de Sydney derrotando o ucraniano Sergiy Stakhovsky por 2 sets a 0 após período afastado das quadras

Estadão Conteúdo

13 de janeiro de 2015 | 09h46

Após longos 321 dias sem disputar uma partida pelo circuito profissional, Juan Martín del Potro voltou às quadras com vitória nesta terça-feira. O tenista argentino, campeão do US Open em 2009, venceu o ucraniano Sergiy Stakhovsky por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/6 (7/4), em sua estreia no Torneio de Sydney, na Austrália.

Afastado das quadras por quase um ano, Del Potro foi submetido a uma cirurgia no pulso esquerdo em março e não jogava desde o dia 24 de fevereiro, quando abandonou o confronto que travava com o indiano Somdev Devvarman no Torneio de Dubai.

Por causa do longo tempo de afastamento, Del Potro despencou para a 338ª posição do ranking mundial e nesta terça soube usar bem o seu saque como arma para despachar o atual 69º tenista do mundo em uma hora e 21 minutos de partida. Além de contabilizar sete aces, ele ganhou 90% dos pontos que disputou quando encaixou o seu primeiro serviço.

No primeiro set do duelo, sem oferecer chances de quebra de saque ao seu rival, converteu um de dois break points para abrir vantagem e depois fazer 6/3. Já na segunda parcial, os dois tenistas foram eficientes no serviço e forçaram a disputa do tie-break, no qual o argentino foi um pouco melhor para fazer 7/4.

Com a vitória na estreia, Del Potro se credenciou para enfrentar na próxima fase o italiano Fabio Fognini, primeiro cabeça de chave, que estreará direto na segunda rodada deste ATP 250 que serve de preparação para o Aberto da Austrália, Grand Slam marcado para começar na próxima segunda-feira.

Já o primeiro adversário do alemão Philipp Kohlschreiber, terceiro cabeça de chave, também foi definido nesta terça-feira. Trata-se do australiano Bernard Tomic, que na estreia arrasou o holandês Igor Sijsling com parciais de 6/1 e 6/2.

Outro tenista que assegurou vaga na segunda rodada em Sydney foi o francês Jeremy Chardy, sétimo cabeça de chave, que superou o norte-americano Sam Querrey por duplo 6/4 e terá pela frente na próxima fase Gilles Muller. O luxemburguês avançou ao bater o australiano Sam Groth por 2 sets a 1, com 3/6, 6/3, 7/6 (6/4).

O sérvio Viktor Troicki, por sua vez, desbancou o eslovaco Martin Klizan, oitavo cabeça de chave, com parciais de 6/2 e 6/3, e terá como próximo rival o espanhol Pablo Andujar, que arrasou o finlandês Jarkko Nieminen por duplo 6/2.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.