Após adiamento pela chuva, Berdych vence, é campeão em Shenzhen e encerra jejum

Em jogo interrompido no domingo e que foi finalizado nesta segunda-feira por causa da chuva no dia anterior na China, Tomas Berdych conquistou o 11º título de simples de sua carreira ao vencer o espanhol Guillermo Garcia-Lopez por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/6 (9/7), na decisão do Torneio de Shenzhen.

Estadão Conteúdo

05 de outubro de 2015 | 10h13

Depois de amargar três vice-campeonatos no ano, em Doha, Roterdã e Montecarlo, o tenista checo encerrou um jejum de troféus que durava desde outubro de 2014, quando faturou o Torneio de Estocolmo, na Suécia.

No jogo, reiniciado nesta segunda-feira após ser interrompido quando Berdych vencia o primeiro set por 5/2, o atual quinto colocado do ranking mundial confirmou todos os seus saques com facilidade e fechou a parcial em 6/3 ao converter um de cinco break points cedidos pelo espanhol.

Já no segundo set o equilíbrio foi maior e cada tenista obteve uma quebra de serviço, forçando a disputa do tie-break, no qual o checo garantiu a vitória com um apertado 9/7. Foi a quarta vitória de Berdych em sete confrontos com o atual 26º colocado do ranking da ATP.

O título obtido em Shenzhen também fez o checo somar 250 pontos e ficar mais próximo de assegurar sua classificação ao ATP Finals, torneio que reunirá os oito melhores tenistas da temporada, entre 15 e 22 de novembro, em Londres. Ele disputou de forma seguida as últimas cinco edições da competição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.