Misha Japaridze/AP
Misha Japaridze/AP

Após bater Davydenko, Safin é eliminado no Torneio de Moscou

Em sua temporada de despedida do circuito, ex-número 1 foi derrotado pelo também russo Evgeny Korolev

AE, Agencia Estado

22 de outubro de 2009 | 16h10

O russo Marat Safin, ex-número 1 do ranking mundial, deu adeus ao Torneio de Moscou nesta quinta-feira. Um dia após surpreender o compatriota Nikolay Davydenko, primeiro cabeça de chance do ATP russo, ele sucumbiu em outra partida envolvendo dois tenistas locais.

Safin caiu diante de Evgeny Korolev por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/6. Com o resultado, o russo se garantiu nas quartas de final, na qual enfrentará o ucraniano Illya Marchenko, que venceu o casaque Andrey Golubev por 2 sets a 1, com 6/1, 1/6 e 6/4. A derrota de Safin marcou o fim da sua última participação no Torneio de Moscou, já que ele faz a sua temporada de despedida do circuito da ATP.

Outro confronto disputado nesta quinta-feira na capital russa envolveu Janko Tipsarevic e o belga Christophe Rochus. Cabeça de chave número 6 da competição, o tenista sérvio foi beneficiado pela desistência do rival quando vencia o segundo set por 2 a 1, depois de ter superado o adversário por 6 a 4 na primeira parcial.

Com o triunfo, Tipsarevic enfrentará nas quartas de final o norte-americano Robby Ginepri, que bateu o espanhol Marcel Granollers por 2 sets a 0, com 7/6 e 6/0. Ginepri avançou depois de ganhar moral com a vitória conquistada na estreia sobre o russo Igor Andreev, quarto cabeça de chave da competição.

Mas, se Ginepri venceu, o seu compatriota Wayne Odesnik deu adeus ao torneio russo nesta quinta-feira ao ser derrotado por Mikhail Kukushkin, do Casaquistão, por 2 sets a 0, com 6/3 e 6/4. Com o triunfo, ele jogará por uma vaga na semifinal contra o uruguaio Pablo Cuevas, quinto cabeça de chave. Anteriormente, Odesnik surpreendeu ao eliminar o romeno Victor Hanescu, designado como segundo maior favorito, logo em sua estreia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.