Natacha Pisarenko/AP
Natacha Pisarenko/AP

Após Bellucci perder 1º set, jogo da Davis é adiado para segunda

Partida é parada por causa da falta de luz natural em Tecnópolis

Estadão Conteúdo

08 Março 2015 | 20h05

O tenista Thomaz Bellucci começou mal sua tentativa de classificar o Brasil pela primeira vez depois de 2001 para as quartas de final do Grupo Mundial da Copa Davis. O paulista entrou em quadra para enfrentar o argentino Federico Delbonis com a ameaça de interrupção por causa da falta de luz natural. Mas enquanto a bola rolou, o brasileiro mostrou apatia e falta de concentração e viu o argentino quebrar seu serviço duas vezes para fechar o primeiro set em 6/3.

O jogo entre Bellucci e Delbonis aconteceu depois do embate histórico entre João Souza, o Feijão, e Leonardo Mayer, vencido pelo argentino e que bateu vários recordes da história do esporte, como a partida de simples de maior duração da Copa Davis, o jogo de simples de maior duração no saibro e o terceiro jogo com a maior duração da história.

Com a missão de vencer o último duelo do confronto para classificar o Brasil às quartas, Bellucci parecia não ter se envolvido muito com a emoção da disputa do jogo anterior ou absorvido um pouco da dedicação e do espírito de entrega demonstrados por Feijão na batalha histórica. Com erros bobos, sem foco, Bellucci permita a Delbonis "treinar" em Tecnópolis.

O argentino ainda se complicou para fechar o set, cometendo também alguns erros infantis, mas acabou se valendo das duas quebras para abrir 1 a 0 no duelo decisivo que define o país que encara a Sérvia de Novak Djokovic nas quartas do Grupo Mundial da Copa Davis.

O jogo final do confronto Brasil e Argentina será reiniciado nesta segunda, a partir das 11 horas, no complexo de Tecnópolis, na Grande Buenos Aires.

Mais conteúdo sobre:
tênis Copa Davis Brasil Argentina Bellucci

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.