Thomas Peter/Reuters
Thomas Peter/Reuters

Após cair na estreia em Doha, Sharapova alega lesão e desiste de jogar em Dubai

Tenista russa declina de convite recebido para ir direto à chave principal do torneio do Catar

Estadão Conteúdo

15 de fevereiro de 2018 | 11h22

Depois de ter sido eliminada pela romena Monica Niculescu já em sua estreia em Doha, no Catar, na última segunda-feira, Maria Sharapova teve a sua desistência do Torneio de Dubai oficialmente confirmado nesta quinta. A organização do evento de nível Premier no circuito da WTA informou que a tenista russa está lesionada e por isso não poderá marcar presença na competição marcada para ocorrer na próxima semana.

+ Thomaz Bellucci perde de virada para argentino e cai nas oitavas em Buenos Aires

+ Mais notícias de tênis

Atual 41ª colocada do ranking feminino e ainda sem conseguir resultados expressivos desde quando retornou às quadras em abril do ano passado, após cumprir longa suspensão por doping, a ex-número 1 do mundo havia recebido um convite para entrar diretamente na chave principal do evento realizado nos Emirados Árabes Unidos.

Cinco vezes campeã de torneios de Grand Slam, Sharapova jogaria pela primeira vez desde 2006 o Torneio de Dubai, cuja organização também confirmou nesta quinta-feira a desistência da norte-americana Madison Keys. Atual 14ª colocada da ATP e finalista do US Open do ano passado, ela não poderá competir por motivo de doença.

"Infelizmente, Maria Sharapova e Madison Keys tiveram de desistir do Torneio de Dubai por causa de lesão e doença. Lamentamos que nem Maria nem Madson estarão aptas para jogar em Dubai, mas ainda sim nós temos uma das chaves mais fortes para um evento da WTA. Maria disse que está muito chateada por não poder estar aqui e espera voltar no próximo ano. Desejamos para ela e Madison uma rápida recuperação", disse Salah Tahlak, diretor da competição, ao confirmar as desistências.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisMaria Sharapova

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.